Lógica de programação para crianças: como ensinar

Aluno apresentando Projeto

A Lógica é a base do aprendizado de programação. Por envolver uma série de habilidades cognitivas, que vão além da capacidade de escrever códigos, ela deve ser trabalhada desde a infância, auxiliando as crianças a desenvolverem o raciocínio lógico, a criatividade e a facilidade em resolver problemas.

Alguns dos desafios do ensino dessa base para as crianças, no entanto, é fazer com que esse seja um assunto leve e empolgante e que realmente desperte a curiosidade delas sobre o tema, de maneira compatível com a idade que possuem.

Se você pensa estimular que o seu filho aprenda lógica de programação, mas não sabe por onde começar, saiba que o objetivo deste texto é justamente oferecer um norte para que você consiga incentivá-lo a adquirir esse aprendizado desde cedo, de uma maneira divertida e eficiente.

A idade ideal para aprender lógica de programação

Falando em aprender desde cedo, recomendamos a leitura deste post da I do Code, onde falamos sobre a idade ideal para aprender programação. Nele, abordamos três conceitos que fazem parte do pensamento computacional, que são a abstração, a análise e a automação.

O aprendizado de lógica de programação em si está relacionado com os conceitos de abstração e análise, que são a capacidade de identificação de um problema e de criação de cadeias de ações lógicas e criativas para resolvê-lo, mas sem necessariamente automatizar a solução através do uso de uma linguagem de programação, por exemplo.

Assim, a lógica de programação se posiciona como uma parte muito importante do desenvolvimento do pensamento computacional e pode ser iniciada a partir dos 4 anos de idade, através de atividades que envolvam ou não o uso de computadores.

Atividades desplugadas

No contexto da ciência da computação, que é a área que abrange tudo o que envolve programação, as atividades desplugadas são aquelas que podem ser utilizadas para aprender a lógica de programação ou outros temas voltados à computação, mas sem necessariamente precisar do uso de um computador.

Lógica de programação desplugada
Exemplo de tabuleiro (MiniMaker Lab) que envolve lógica de programação em blocos sem o uso do computador

A vantagem de utilizar atividades desplugadas no aprendizado de lógica de programação é que você pode fazer dele uma vivência que leve as crianças a se divertirem longe das telinhas, através de jogos de tabuleiro e baralho que você pode comprar, como os da Mini Maker Lab, e de outras brincadeiras muito interessantes, como as que estão disponíveis gratuitamente no livro CS Unplugged, de Tim Bell.

Com o ensino de lógica de programação através de atividades desplugadas, também é possível usar a criatividade para criar jogos usando materiais disponíveis em casa, como papelão, tinta e papel, porém será necessário que você realize um estudo prévio do tema antes, para não confundir as crianças com o uso de jogos mal planejados.

Uso de softwares e Jogos digitais

Uma outra maneira de ensinar lógica de programação para crianças é incentivando-as a utilizar o tempo dedicado ao uso dos eletrônicos à favor do próprio aprendizado, através de jogos que, ao mesmo tempo em que são divertidos, possuem todo o seu conceito e funcionamento direcionados ao estudo de programação.

Com o Blockly Games, é possível acessar sete diferente jogos que ensinam assuntos de lógica de programação como o conceito de variável, o algoritmo estruturado, estruturas condicionais, entre outros temas abordados de maneira colorida e intuitiva.

Outra dica é o uso do Scratch, que é a ferramenta de programação em blocos que usamos no ensino de programação aqui na I do Code, e que foi criada pelo Media Lab do MIT em 2007. A plataforma pode ser acessada online através do site oficial, ou pode ser baixada e instalada gratuitamente em seu computador.

Com ele, é possível que as crianças aprendam conceitos de lógica de programação enquanto criam jogos, apresentações e outras ideias de maneira divertida, com o uso de blocos de programação inspirados no jogo de montagem LEGO.

Tela de Scratch, aprender lógica de programação usando ferramentas digitais
Exemplo da utilização do Scratch na criação de uma pequena animação

Ensinar lógica de programação através de um curso especializado

Como você pôde observar ao longo do texto, é possível ensinar lógica de programação para crianças de diversas maneiras, a partir de atividades que estimulem a criatividade e o pensamento lógico, e que as desafiem a resolver um problema, seja ele vencer uma partida em um jogo ou criar uma animação divertida de um gato conversando com um cachorro.

Por mais que possa parecer um assunto complicado, a lógica de programação pode ser mais simples se pensada do ponto de vista da diversão e do uso do cotidiano da criança, através de brincadeiras que envolvam ou não o uso de tecnologias.

Além disso, o ensino de lógica de programação para crianças pode ser uma boa atividade para ser realizada em família, podendo também ser aprofundada por professores especializados no tema, através de cursos como o de Programação e Tecnologia, no qual as crianças podem aprender desde o básico da lógica de programação até conteúdos mais avançados, como robótica e criação de jogos profissionais.

Com uma introdução positiva da lógica de programação dentro de um contexto de educação tecnológica, as crianças podem desenvolver um olhar muito mais criativo sobre as tecnologias, passando a utilizar os eletrônicos de forma muito mais saudável e produtiva.

Gostou deste artigo? Quer saber mais vantagens da lógica de programação? Então leia este post sobre a melhora no desempenho escolar a partir do aprendizado de programação. Visite nosso Instagram!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: