Programação: as melhores formas para aprender HTML

HTML

No contexto de empreendedorismo ou então apenas para aquisição de algo novo, ter o conhecimento sobre programação é um diferencial que conta bastante no currículo, além de ter uma demanda bastante significativa no mercado. Além das melhores formas para você aprender a programar, neste artigo também abordaremos sobre umas das linguagens mais conhecidas: HTML.

Nesse sentido, há muitas fontes na internet que disponibilizam conteúdos de programação sejam eles pagos ou gratuitos, atendendo os mais diferentes gostos. Porém, o que ajuda muito na aquisição desse aprendizado é a vontade e disposição que a pessoa terá para se dedicar a esse compromisso. 

Adquirir o conhecimento de programação sozinho

Essa é uma ótima forma para aprender sobre programação e, ao mesmo tempo, também uma das mais desafiadoras. Caso opte por essa opção, lembre-se: programação exige prática. Por isso, é importante haver disciplina, foco e paciência. Leve em consideração que você irá errar muitas vezes e não deixe que isso o(a) desmotive, já que é parte do processo.

Recomendamos que faça a leitura da teoria primeiramente, porém, quanto mais rápido for para a prática, mais rápido saberá sobre este conteúdo. Qualquer forma de aprender não será fácil. 

Será preciso exercitar bastante o cérebro para que esta etapa seja vencida no caso de obstáculos inevitáveis. Haverá linguagem ou abordagem que ajudará no sentido de facilidade, porém, ainda assim não é algo simples. 

Qual linguagem de programação escolher

A primeira iniciativa para aprender a programar é escolher a linguagem. Comece pensando em seu objetivo final, sem que seja, necessariamente, a mais ou menos difícil. 

Aprender HTML, CSS e JavaScript

Quando se acessa a internet, seja no facebook, pesquisas no Google, dentre outras plataformas, tudo que se visualiza e encontra é feito com HTML+CSS+JavaScript. Porém, há uma explicação do que é cada um deles. 

HTML – HyperText Markup Language

Na web, todas as páginas da web são realizadas em HTML. Isso pelo fato de que o HTML não é, de fato, uma linguagem de programação, mas sim uma linguagem de marcação. 

Durante a aprendizagem de programação, ela serve para que comece a aprender e entender como dar instruções ao computador, como se comunicar com ele e escrever de acordo com o que a máquina entende. 

Dessa forma, é bastante fácil aprender HTML e não há muito sofrimento durante a aprendizagem. Além disso, é aqui que as pessoas se acostumaram com as frustrações, pois, muitas vezes alguns comandos não funcionam e isso é interessante já que é um fator presente na rotina de programação. 

CSS – Cascade Style Sheet

O CSS também não propriamente uma linguagem da programação, mas sim uma linguagem dos estilos que tem como objetivo fazer com que páginas HTML fiquem bonitas. 

Sendo ele um complemento de cores, organização visual do site, alinhamento, dentre outros fatores, enquanto o HTML puramente produz o básico de textos e imagens. 

JavaScript

Finalmente, esta é a primeira linguagem de programação e a partir dela, será preciso escrever de acordo com os comandos sem que nem mesmo uma vírgula esteja fora de lugar, pois aqui nenhum erro é aceitável.

No HTML e CSS não se depara com mensagens de erro ou grandes problemas no caso de comandos errados, porém, no JavaScript é tudo bastante específico. 

Nesse contexto, você aprenderá que criar funções ou métodos, permitir interação de usuários com a página em questão e aprender fazer um “for” e um “if”. 

Para esclarecimento, é preciso dizer que o JavaScript não é o Java em questão e quando houve o surgimento do JavaScript como linguagem de programação na internet, o criador teve uma inspiração no Java e por isso ficou registrado com tal nome. 

Termos básicos HTML 

– Marcas (tags) HTML

  • <b> é a abertura;
  • </b> é o fechamento;
  • href é onde se define a url que será acessada quando se abre o link;
  • p é o marcador de definição de parágrafo;
  • a é o marcador de definição de hiperligação;
  • target é o que define a maneira como a hiperligação será aberta;
  • / define o fechamento do elemento. 
  • <img /> é a imagem;
  • <address> é o endereço;
  • <b> negrito, <i> itálico, <u> sublinhado, <s> riscado;
  • <br /> é quando se quebra linha;
  • <cite> é quando há citação. 

Estrutura básica de documentos HTML

<html>

    <head>

        <meta charset=”utf-8″ />

        <meta name=”description” content=”a descrição do site com no máximo 90 caracteres”>

        <meta name=”keywords” content=”palavras-chaves curtas com no máximo 150 caracteres”>

        <title>Título do seu documento</title>

 </head>

 <body>

 <!– Página que será visível para todos, onde pode haver textos, imagens, links para outras páginas, etc.

   <div>Tag para criar-se uma ‘caixa’, um bloco, mais utilizada com “Cascading Style Sheets (Folhas de Estilo em Cascata)</div>

    <span>Tag para modificação de alguma parte do texto da página na web</span>

    <img src=”endereço da imagem” />

    <a href=”link do site”>Título do site</a>

    </body>

</html>

Gostou das dicas sobre as melhores formas de aprender HTML? Deixe um comentário com as suas dúvidas e sugestões! Siga a I Do Code no Instagram! Visite o nosso site!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: