Programação para crianças: habilidades desenvolvidas

Habilidades desenvolvidas com a programação para crianças

Já falamos aqui no blog sobre a importância de aprender a programar desde cedo e porque ensinar programação para crianças. Agora, iremos analisar detalhadamente sobre as principais habilidades que podem ser desenvolvidas e aprimoradas com o estudo de programação no dia a dia de uma criança. 

Infelizmente o ensino básico sobre o uso da tecnologia, informática e afins é escasso e falho no nosso país, e acaba sendo refletido no futuro quando esse tipo de conhecimento se torna necessário e o adulto acaba perdendo oportunidades, seja por não saber usar em determinado tipo de tecnologia ou por alguma habilidade que poderia ter sido aperfeiçoada com o estudo de informática e programação.

Então vamos entender aqui como a programação para crianças é importante a longo prazo.

1. Melhora a concentração

A cada dia podemos ver como a tecnologia e o mercado digital vem crescendo de maneira expressiva, com isso, surgem facilidades e melhorias como a possibilidade de compras online, aulas virtuais, empregos e muito mais. Junto a isso também surgem os conteúdos de entretenimento, como vídeos e jogos que acabam atraindo a atenção das crianças e faz com que elas passem horas usufruindo desses conteúdos.

Ao estimular a criança a criar programas, principalmente quando se trata de algo de interesse dela como um jogo ou um robô por exemplo, essa criança terá o foco para resolver aquele problema que só será resolvido programando de maneira correta e estando alerta aos detalhes. 

2. A programação para crianças estimula a curiosidade e o hábito de pesquisa

Ao ver um projeto novo, seja na internet ou no seu dia a dia, uma criança que tem o hábito de programar vai automaticamente se perguntar como aquilo foi feito, qual a lógica por trás do programa, onde isso pode ser aplicado, e também analisa o que é necessário para desenvolver um projeto parecido, qual programa pode ser utilizado, qual linguagem melhor se aplica, etc.

Com todas essas informações, a mente da criança começa a gerar perguntas, deixando ela curiosa para ir atrás das respostas, criando então, o hábito da pesquisa e as habilidades de pesquisa, identificando quais palavras se deve utilizar. Pois uma simples palavra pode levar a resultados muito diferentes, por isso é importante entender como funcionam os mecanismos de busca. 

E tudo isso será refletido além da programação, pois uma criança com esse hábito torna-se um adulto que sempre quer saber o que acontece ao seu redor e como as coisas são feitas.

3. Aumenta a criatividade

Uma criança com o hábito de programar, quando sujeita a novos desafios, torna-se uma criança criativa, porque esses desafios farão com que ela tenha que produzir algo novo, e mesmo que usando algo como inspiração sempre surgirão coisas novas. Porém é importante lembrar que para estimular a criatividade existem certas “regras” a serem seguidas. 

Imagine que está ensinando seu filho a programar e você dá todos os detalhes de como o programa deve ser feito, a linguagem que deve ser utilizada e quantas funções e páginas o programa deve ter. Você não deixou que seu filho pensasse em nada, ele apenas vai seguir regras e isso resultará no inverso do que foi proposto. 

Para estimular a criatividade de uma criança, é necessário que seja entregue a ela apenas o objetivo principal, por exemplo: que tal fazer um jogo com dinossauros? Que tal criar um programa que ajude a organizar suas tarefas de casa? E o resto pode deixar com a criança que ela certamente terá ideias incríveis e usará de programas que ela gosta para se inspirar. Caso ela surja com dúvidas, aí sim você pode intervir.

4. A programação para crianças exercita o raciocínio lógico

A programação para crianças estimula fortemente seu raciocínio lógico. Todo código precisa ter sua lógica e um bom programador tem seu raciocínio lógico rápido e eficaz. O estudo de algoritmos e fluxogramas são os principais responsáveis pela melhora da lógica, que pode ser levada para todas as áreas de sua vida.

5. Melhora a comunicação

Ao trabalhar com grupos de programação, é inevitável que a criança desenvolva uma experiência com a fala, tornando-se clara e objetiva com os membros de equipe. Mesmo que tenha dificuldade no começo, ao observar como os demais se comunicam ela guarda em sua mente como deve ou não se expressar.

6. Torna a criança mais organizada

Programar exige que você seja organizado, e isso acaba se refletindo do dia a dia. Ao fazer códigos extensos é essencial que você comente o que está fazendo, dividir em espaços ou blocos e formatar bem suas linhas de código para que quando for acessar novamente tudo esteja claro e objetivo. Isso é diretamente ligado à organização das anotações e pertences da criança.

Com a programação para crianças, seu filho poderá alcançar grandes conquistas e com certeza se tornará uma pessoa com pensamentos inovadores e empreendedores, com grandes objetivos de vida.

Gostou do artigo? Deixe um comentário com as suas dúvidas e sugestões! Siga a I Do Code no Instagram! Visite o nosso site!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: