Qual a importância de aprender a programar desde cedo?

aprender a programar desde cedo

Em um mundo cada dia mais tecnológico, não é incomum que crianças precocemente adquiram o conhecimento de manusear aparelhos como tablets, notebooks ou smartphones. 

Dessa forma, de acordo com uma visão que olha para o futuro dos cidadãos, há um número crescente de escolas que começaram a investir no ensino com o auxílio de competências digitais. 

Sendo assim, a partir de conceitos pertencentes à programação, há uma abordagem que mostra que a tecnologia pode ser usada em sala de aula de maneira criativa e saudável. 

Quando se expõe as crianças, desde muito cedo, a conhecimentos de robótica e linguagens de programação, há a descoberta que a internet é grandiosa e ao invés de apenas usá-la jogando ou navegando, tem outras possibilidades como criar games e ir além, podendo projetar dispositivos e aplicativos. 

Isso faz com que diversas habilidades sejam desenvolvidas de forma natural, sendo elas de extrema relevância ao longo da vida pessoal e acadêmica do indivíduo. Além disso, há muitos outros benefícios ligados à aprender a programar desde cedo. Confira alguns deste benefícios:

1. Aprender a programar desenvolve o raciocínio lógico

Sabendo que o lado esquerdo do cérebro é responsável pelo raciocínio crítico, analítico e lógico, o aluno, quando aprender a programar desde pequeno, haverá um desenvolvimento significativo nesse sentido. 

Isto pelo fato de que o aluno ainda criança pensará de forma estruturadas sendo essas estruturas usadas para designar as ações do computador através de códigos precisos e específicos. 

2. Aprender a programar desenvolve a criatividade 

Ao desenvolver jogos, por exemplo, a criatividade é fomentada a partir do trabalho de planejamento, análise, criação e execução do projeto, uma vez que todas as etapas do processo são valorizadas. 

3. Aprender a programar desenvolve a escrita

Quando se inicia um processo de criação através da programação, é preciso pensar e planejar diversas variações e funções que são necessárias para que o projeto funcione de fato. 

O mesmo processo acontece quando se escreve uma redação, por exemplo, em que é preciso pensar sobre as ideias e organizá-las em parágrafos de forma alinhada e fluida como se fossem códigos e ações. 

4. Iniciativa em resolução de problemas

No mundo da tecnologia é necessário seguir alguns esquemas lógicos para que haja comunicação eficiente a partir de códigos que foram desenvolvidos corretamente de acordo com o projeto que está sendo executado. 

Tais situações coloca o aluno diante da necessidade de procurar por uma resposta que seja efetiva e suficiente para concluir o desafio. 

5. Desenvolve o senso de organização

Todas as habilidades que envolvem aprender a programar estão de alguma forma relacionada com organização. Por isso, no processo de planejar e pensar nas ações há organização em todo desenvolvimento relacionado com a programação. 

Sendo ela, fundamental também nas atividades corriqueiras, como planejar atividades e tarefas, estruturar pensamentos e até mesmo no momento de estudar outros conteúdos. 

6. Amadurecimento do trabalho em equipe

Por estar relacionado com exercícios de persistência, os estudantes são estimulados a compartilhar todo o seu progresso e desenvolvimento com os demais programadores para aprender e ensinar os demais que precisam de ajuda. 

Assim, um aprende com o erro do outro e se estimulam a não desistir diante das dificuldades que surgem no processo de aprendizagem. 

7. Aprendizado em língua estrangeira, física e matemática

Com o auxílio de todo um apoio pedagógico na elaboração de conteúdo, os cursos que envolvem ensinamentos em programação englobam diferentes disciplinas abordadas na escola.

Sendo elas com base no raciocínio lógico, como no caso do inglês, matemática e física e ao longo dos estudos, os estudantes se familiarizam com números ou novas palavras, conseguindo aprender a raciocinar com maior exatidão. 

Além de absorver o conteúdo da teoria e colocá-lo na prática de forma assertiva e satisfatória para o seu progresso. 

8. Desenvolvimento de cidadãos digitais

Além de os estudantes serem expostos aos conhecimentos básicos de linguagem que será usada em diversificadas profissões que vão adiante do mundo tecnológico, os alunos tem o aprendizado de que na internet não há total segurança e conseguem enxergar na prática como são expostos a diferentes tipos de ameaças e como podem se proteger delas. 

A programação faz referência ao uso de linguagem computacional específica que desencadeiam instruções a serem executados através de um dispositivo. 

O processo e conceitos de lógica que são executadas através de códigos da programação faz com que os serviços digitais são trazidos para a vida real, isso, portanto, mostra aos estudantes que a tecnologia pode ser usada para criar funções e produtos que podem ajudar ao próximo, por exemplo. 

Além disso, podem compartilhar seu conhecimento conquistado com outras pessoas a fim de capacitá-las também para a escolha profissional futura. 

Gostou do nosso artigo? Deixe um comentário com as suas dúvidas e sugestões! Siga a I Do Code no Instagram! Visite o nosso site!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta