Tecnologia na infância e desenvolvimento cognitivo, tem relação?

criança no tablet

Se você olhar ao seu redor agora, provavelmente não ficará surpreso ao ver que está rodeado pela tecnologia o dia todo, todos os dias, tanto que a tecnologia na infância se tornou uma realidade que os pais precisam aprender a usar a favor de seus filhos

A tecnologia se refere a qualquer coisa que seja informatizada e hoje quase todos os aspectos de nossas vidas são controlados por computadores. A música que ouvimos agora é salva em formatos de tecnologia digital, seja por download ou por streaming. A maioria de nós anda por aí com a tecnologia na ponta dos dedos graças aos nossos smartphones. As televisões que assistimos agora são até smart tv ‘s.

Mas como tudo ao nosso redor é tão inteligente, isso levanta a questão: ainda somos inteligentes? Esta questão é debatida ainda mais quando pensamos em nossos filhos que estão se desenvolvendo grudados com a tecnologia na infância, ficando a dúvida se isso afeta ou não o desenvolvimento cognitivo dos pequenos. Confira a resposta abaixo!

A tecnologia na infância afeta o desenvolvimento cognitivo?

A tecnologia enriqueceu nossas vidas de inúmeras maneiras, e professores e alunos agora contam com ela para tudo, desde a realização de pesquisas até a realização de trabalhos com colegas. A tecnologia também se tornou uma grande parte do nosso tempo de inatividade, e isso turvou um pouco a linha entre o trabalho e o lazer. 

Uma consequência não intencional dessa dependência cada vez maior da tecnologia é que ela pode influenciar a maneira como pensamos, nos comportamos e interagimos uns com os outros.

Um estudo publicado no Journal of the Association of Consumer Research, mostrou que manter o celular na mesma sala , mesmo que esteja desligado e você esteja fazendo o possível para ignorá-lo, pode reduzir a capacidade cognitiva disponível.

Esse fenômeno é o que os pesquisadores chamam de “fuga cerebral”, porque a mera presença de nosso celular pode ocupar recursos cognitivos de capacidade limitada. Isso torna mais difícil dedicar atenção a tarefas como aprendizagem e tomada de decisões, e quanto mais dependentes formos de nossos dispositivos, maior será o custo cognitivo.

Porém, apesar de tirar a nossa atenção em certos momentos da nossa vida, a tecnologia na infância quando usada corretamente, pode realmente ter um efeito muito positivo no desenvolvimento cognitivo de uma criança. 

Os benefícios da tecnologia na infância no desenvolvimento cognitivo 

Estudos mostram que nossa capacidade de identificar informações-chave enterradas em um grupo de personagens e estímulos visuais aumentou à medida que a tecnologia se tornou mais integrada em nossas vidas. 

Além disso, as interfaces regulares com a tecnologia podem levar a uma melhor coordenação mão-olho, multitarefa e tempo de reação. 

No entanto, quando o tempo de tela não é controlado adequadamente, pode haver efeitos negativos da tecnologia no desenvolvimento infantil. Por isso, cabe aos pais realizar o controle e exposição a tecnologia para que se possa colher todos os benefícios que a tecnologia na infância tem a oferecer, que incluem: 

Melhora habilidades visuais e de tomada de decisão

Apesar da má reputação que obtiveram ao longo dos anos, pesquisas mostram que os videogames podem beneficiar nossas habilidades visuais e de tomada de decisão e até mesmo nos tornar mais detalhistas. 

Um estudo da Universidade Estadual de Iowa, nos Estados Unidos, mostrou que videogames de tiro em primeira pessoa geralmente forçam os jogadores a tomar decisões instantâneas com base em dicas visuais, que podem aumentar as habilidades de tomada de decisão e aprimorar as habilidades de atenção visuoespacial. 

A tecnologia na infância incentiva as crianças a criar 

Outro benefício potencial do uso da tecnologia digital é que ela nos motiva a compartilhar e criar. Hoje a Internet tornou possível interagir com textos, imagens e vídeos de uma forma que nunca foi possível com a televisão. A mídia social, promove uma cultura de compartilhamento e, por causa disso, agora nos sentimos mais inclinados a criar e compartilhar nosso próprio trabalho, seja nossa fotografia, uma postagem em um blog ou um projeto DIY.

Muda a maneira como sonhamos

A tecnologia na infância pode até mudar a maneira como nossas crianças sonham, e acontece que, na década de 1950, a maioria das pessoas sonhava em preto e branco. 

De acordo com estudos, adultos que cresceram em lares com aparelhos de televisão em preto e branco eram mais propensos a sonhar em preto e branco, enquanto os participantes mais jovens quase sempre vivem seus sonhos em cores. 

Prepara para o futuro 

À medida que a tecnologia continua a evoluir, haverá mais demanda por profissionais prontos para assumir carreiras em tecnologia. 

Quando as crianças começam a ficar entusiasmadas com a tecnologia e o potencial que ela oferece, elas ficam mais preparadas para o futuro e as possibilidades que ela oferece. As crianças podem começar a adquirir habilidades tecnológicas precocemente de que precisarão no futuro. 

banner kit habilidades do futuro: menino programando

Ajuda nossas crianças a ser multitarefa

Quando aplicada de forma adequada (em oposição a dirigir e enviar mensagens de texto, por exemplo), uma habilidade bem aprimorada de multitarefa que é trazida com o uso da tecnologia na infância equipa as crianças com uma habilidade necessária para a vida adulta moderna.

Como quase tudo na vida, a tecnologia na infância não é um problema quando usada com moderação. 

No entanto, os números mostram que ainda não atingimos um equilíbrio saudável quando o assunto é exposição de telas para crianças, já que as médias relatadas estão bem acima do que a SBP – Sociedade Brasileira de Pediatria recomenda para mídia eletrônica. 

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: