Curso de Programação: Por que fazer?

desenho de uma pessoa programando no computador

Independência financeira, alcance de públicos variados, liberdade para levar o trabalho junto com você. Por que vale a pena fazer um curso de programação?

O mercado está em crise, no entanto, como garantir um futuro progressivo em meio a dificuldades? Muitos de nós já enfrentamos problemas ao encontrar um primeiro emprego, provavelmente conseguimos, mas não era exatamente aquilo que gostaríamos, principalmente pela alta vulnerabilidade que temos, porque ao surgir uma crise, empresários não veem alternativas a não ser demitir empregados que sejam importantes, mas não essenciais ao funcionamento da empresa. Isso acontece com vários setores: educação, direito, saúde, logística, comunicações.

A estratégia adotada acaba sendo cobrar mais de menos funcionários. Fazer cursos de programação poderia ajudar alguém que quer encontrar uma oportunidade de trabalho que garanta essa estabilidade em meio a crises? Vamos falar de algo muito importante, fazer cursos de programação, poderá ajudar os mais jovens a ter um emprego com baixo índice de demissões, que valorizem o seu conhecimento?

Cursos de programação em meio a crises

Hoje em dia, muitos querem se qualificar para conseguir o emprego dos sonhos, para isso, temos que entender quais são as alternativas em meio a crises, para que um sonho não vire um pesadelo.

O ramo da programação é atemporal. Bancos estão buscando programadores COBOL, uma linguagem feita em 1959, considerada por muitos ultrapassada, mas em tempos de pandemia cada vez mais necessária. Isso se dá ao fato que bancos utilizam a linguagem em seus sistemas e modificações nesses sistemas não se tornam vantajosos devido a sua complexidade e necessidade de segurança dos dados, por isso funcionários antigos vêm sendo preservados, tendo em vista que não há pessoas com um curso de programação específico para suprir a necessidade. Devido ao sigilo de dados, há pouco absenteísmo (troca de funcionários) na área.

Nesse sentido, entende-se que cursos de programação são guias rápidos para ajudar pessoas de várias idades, incluindo jovens, a alcançar empregos estáveis, de boa remuneração e aproveitamento. Uma vez estando na empresa, os programadores tornam-se peças chaves indemissíveis, não por causa de cláusulas contratuais, mas por seu importante conhecimento dentro da empresa. Um programador é uma peça chave para o bom funcionamento dos processos dentro da empresa. O treinamento individual torna-se caro, aumentando a necessidade de alguém que já tenha o conhecimento prático de sistemas de programação.

A I Do Code vem ensinando crianças e jovens, através de um curso de programação adequado para cada idade. Dessa forma, o curso de programação é mais efetivo, porque desenvolve o pensamento lógico, ajudando os mais jovens a entender como a máquina entende os comandos que eles criam.

Tem vagas?

Um curso de programação em tempos de crise abre oportunidades sem precedentes, pois ajudam jovens a encontrar áreas de interesse, que garantam um bom futuro, com garantias que outras áreas não possuem. Um exemplo disso é a liberdade ocasionada pela área, que permitem ao jovem ter emprego mesmo que a cidade em que ele reside não tenha enfoque na área.

Há novas oportunidades remotas àqueles que possuem conhecimento na área de programação. Além disso, segundo pesquisas da Bird (Information and Communications for Development) empresas locais que investem em programação cresceram 9,5 vezes mais do que outras que não investiram, considerando o ano de 2000 a 2003 como embasamento. Isso mostra que as possibilidades para quem quer entrar na área são tanto para trabalhos locais, quanto para trabalhos remotos.

Pessoa no campo, usando a tecnologia a seu favor
Mesmo lugares em que o enfoque não seja a tecnologia ela aumenta a produção e abre oportunidades aos mais jovens.

Contudo, a tendência mundial é que as empresas estejam cada vez mais adaptadas ao universo da programação, e ao se matricular em um curso de programação, muitos vem apostando de que as novas tecnologias chegaram e que é possível aliar um interesse comum, como a habilidade em tecnologia, com um emprego rentável, que garanta estabilidade em tempos de crise essenciais para a garantia do funcionamento de muitas empresas. Mas o que realmente ensina um curso de programação?

Curso de programação: o que é?

Já percebeu como as crianças gostam de um jogo chamado Minecraft? Esse jogo permite que a criança programe em um mundo virtual com funções variadas. Dessa forma, um curso de programação pode ajudar crianças e jovens a fazer um universo de ideias.

Cidade construida no Minecraft, jogo infantil muito popular. Um curso de programação pode despertar a curiosidade das crianças para a área.
Programação de um mundo no Minecraft

As ideias que são criadas, podem ser traduzidas em jogos, em que o aprendiz pode fazer enredos e histórias que prendem a atenção de outros de forma lúdica ensinando lições práticas para o dia a dia.

Poderá criar sites, mostrando a todos o seu lado empreendedor, compartilhar nele seus conhecimentos e ampliar seus horizontes.

Conseguirá criar aplicativos que facilitam a vida das pessoas, como exemplos recentes o Uber e o Ifood, que mudaram a forma das pessoas de se locomover e de pedir comida.

Há uma gama imensa de aplicações, mesmo assim alguns se perguntam como preparar as futuras gerações para os empregos do futuro?

Nesse site, você encontra profissionais dispostos a conversar com você que ensinam crianças a partir dos 7 anos de idade a programar. Não perca a oportunidade de matricular seu filho em um curso de programação.

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: