Atividades para crianças: 5 ideias para você fazer em casa

criança brincando com brinquedos de madeira

As férias estão chegando e com elas vem um grande tempo de ócio para seus filhos. É muito bom que eles possam aproveitar esse tempo para descansar e realizar atividades que eles não têm tempo de fazer durante os dias letivos. Porém, em uma época em que o mercado de trabalho é cada vez mais exigente, é também uma boa ideia prepará-los para isso desde cedo. E que tal fazer isso através de atividades pra crianças?

Existem várias atividades muito interessantes e divertidas que podem melhorar o raciocínio lógico, a criatividade e a memória de seus filhos sem que eles sequer percebam. Além de serem ótimos passatempos para os próximos meses. Quer conhecer algumas dessas atividades para crianças? Confira!

Desenhos para colorir

Você pode não ter visto, mas a pouco tempo atrás livros de desenhos para colorir viraram uma febre até entre adultos. O ato de colorir é um ótimo calmante. É monótono, mas exige concentração para ter um bom resultado final, especialmente usando lápis de cor.

Mas como isso exercita a criatividade? É simples: consiga desenhos em preto e branco dos desenhos animados e jogos que seus filhos mais gostam, e peça para eles colori-los da forma como eles gostariam que eles fossem. Com isso, eles aprendem a desenvolver os próprios gostos e a pensar por si mesmos, levando a resultados completamente diferentes. Exercitam a própria individualidade, e com isso a criatividade.

Origamis

Que tal uma forma de treinar tanto a criatividade quanto a coordenação motora? O origami é uma forma de arte tradicional da cultura japonesa que consiste em criar formas dos mais diversos tipos, apenas dobrando um pedaço de papel. O mais conhecido origami é, claro, o famoso tsuru, uma representação do grou-da-manchúria (ou grou japonês), animal muito presente no folclore japonês.

As possibilidades do origami são ilimitadas. Pela internet é possível encontrar versões em origami dos mais diversos objetos, animais e até pessoas, como dinossauros, sapos, raposas, dragões, elefantes, cubos, dançarinos, entre muitos outros, com vários níveis diferentes de complexidade.

E também não para por aí. Alguns origamis são feitos utilizando mais de uma folha de papel, um conectado no outro sem precisar de cola, são os origamis modulares. E existe também o kirigami, forma do origami que permite cortes no papel além de dobrá-lo. São atividades para crianças perfeitas para exercitar a criatividade.

Jogos clássicos de tabuleiro

Uma dica muito simples e também muito fácil para passar um tempo com seus filhos e ainda desenvolver o raciocínio lógico deles: jogar jogos clássicos de tabuleiro, como damas, xadrez e go. Embora nem todo mundo tenho um tabuleiro desses guardado em casa, atualmente existem muitos aplicativos para tablet e celular e na internet que dão a mesma experiência de forma gratuita.

Damas é com certeza o mais simples, pois apresenta mecânicas e objetivos simples. Cada peça só pode andar na diagonal, um quadrado por vez, e pode “comer” uma peça se tiver espaço para isso. Chegando do outro lado do tabuleiro, pode se tornar uma “dama”, e deixa de ter o limite de um quadrado por vez. O objetivo é acabar com as peças do adversário.

Xadrez é similar, só precisa “derrotar” o rei. Mas cada peça tem suas próprias regras, o que pode torná-lo mais difícil de aprender, dependo da idade da criança. Go, por outro lado, tem uma premissa simples: cada jogador alterna posicionando peças no tabuleiro, e se qualquer grupo de peças for rodeado por peças do adversário, elas são removidas. O jogo termina quando ninguém quiser mais fazer algum movimento. Ganha aquele que controlar maior o “território”. Embora tenha regras simples, foi um dos jogos em que programadores mais tiveram dificuldade em criar uma inteligência artificial que superasse os jogadores profissionais.

Argila

Massas de modelar e as famosas slimes já são atividades para crianças bem conhecidas, e as slimes, especialmente as caseiras, já estão em moda há algum tempo. Mas se você tem espaço disponível e não liga muito que seus filhos façam um pouco de bagunça enquanto exercitam a criatividade, usar argila pode ser uma boa ideia.

A argila é um pouco mais dura que a massa de modelar, mas isso também permite fazer obras bem maiores. E melhor ainda: se seus filhos gostarem do resultado, você pode deixá-la secar e depois pintar por cima! Só ter cuidado para mexer com ela depois de seca, pois a argila tende a ficar um tanto frágil.

Comece um jardim ou uma horta

Aprender a lidar com responsabilidades é um passo muito importante para o amadurecimento de qualquer pessoa. Saber manter uma rotina e fazer uma tarefa com cuidado e dedicação também. Que tal ensinar isso a seus filhos na prática?

Hoje em dia começar um jardim é algo muito simples. Não precisa nem ter um grande espaço no quintal, muitas pessoas prendem um palete na parede, grudam garrafas PET cortadas e usam elas como vaso. Só precisa encontrar terra adequada, sementes e mudas, e talvez algum adubo ou fertilizante, coisas facilmente encontradas em lojas de jardinagem. Começar uma composteira em casa também é uma boa ideia, pois recicla o lixo orgânico e ensina a seus filhos sobre a importância da reciclagem.

Com isso, é só uma questão de escolher as plantas e cuidar delas. Plantas pequenas, como hortelã e pimenta, são boas escolhas, já que se adaptam bem ao pequeno espaço de um vaso ou garrafa PET. Escolhendo as plantas, é importante pesquisar na internet o que ela precisa para se desenvolver, e saber o que fazer e o que não fazer. E com isso, em alguns meses vocês terão alimentos naturais para colocar nas comidas de casa.

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: