mãe e filho sentados na grama num momento de leitura

Por que você deve estimular o desenvolvimento cognitivo infantil?

O desenvolvimento cognitivo nada mais é que a capacidade das crianças de pensarem, explorarem e de descobrirem as coisas. Também, este é o desenvolvimento de conhecimentos, habilidades e disposições, que ajudam as crianças a pensar e entender o mundo ao seu redor. Além disso, será na fase adolescente e adulta que o desenvolvimento cognitivo construído na infância, irá determinar praticamente todas as características de um indivíduo.

Por isso que promover o desenvolvimento cognitivo do seu filho assim que ele nasce fornece a base para o sucesso na escola e mais tarde na vida. Entenda um pouco melhor abaixo por que você deve estimular o desenvolvimento cognitivo infantil.

O que é desenvolvimento cognitivo?

As crianças crescem e se desenvolvem rapidamente nos primeiros cinco anos nas quatro principais áreas de desenvolvimento. Essas áreas são: motoras (físicas), linguagem e comunicação, cognitivas e sociais/emocionais.

Assim, o desenvolvimento cognitivo mostra como as crianças pensam, exploram e descobrem as coisas. É o desenvolvimento de conhecimentos, habilidades, resolução de problemas e disposições, que ajudam as crianças a pensar e entender o mundo ao seu redor. O desenvolvimento do cérebro também faz parte do desenvolvimento cognitivo.

Como pai e mãe, é importante promover o desenvolvimento cognitivo de seu filho assim que ele nascer. Pesquisas mostram que crianças que conseguem distinguir sons aos seis meses de idade são melhores em adquirir habilidades para aprender a ler aos quatro e cinco anos de idade, incrível não?!

Porque você deve estimular?

Ao estimular o desenvolvimento cognitivo desde cedo, como citamos acima, você proverá uma base para o sucesso de seu filho em todas as fases da vida.

Além disso, ao estimar este desenvolvimento, alguns dos benefícios que você pode trazer a vida intelectual do seu filho incluem:

  • Ser capaz de separar o que é real e o que é ilusório, por exemplo, ela pode facilmente se assustar com monstros em desenhos animados;
  • Ter curiosidade e vontade de experimentar e explorar coisas desconhecidas sozinha;
  • Ser capaz de usar palavras como “sombrio”, “alto”, “forte” ou “pesado” da maneira correta e entender seu significado com 3 anos;
  • Gostar de explorar todos os seus cinco sentidos: visão, audição, paladar, tato e olfato;
  • Ser capaz de seguir instruções simples a partir de 18 meses;
  • Usar a tentativa e erro para começar a resolver problemas, por exemplo, se ela não conseguir encaixar uma peça do quebra-cabeça em um local, ela poderá tentar em outro lugar.

Ao estimular o desenvolvimento cognitivo seu filho estará determinado a tentar de tudo, mesmo atividades que podem não ser adequadas para a idade dele. Ele está apenas tentando descobrir como as coisas funcionam.

Por exemplo, entre 12 e 16 meses, seu bebê vai querer explorar completamente todos os brinquedos e objetos ao seu alcance, batendo, soltando, empurrando e agitando-os para ver o que acontece. Desta forma, um ambiente doméstico seguro dará ao seu filho a liberdade de explorar sem se machucar.

Com desenvolvimento cognitivo trabalhado, seu filho pode entender que existem grupos de coisas no mundo. Em cerca de 16 meses, seu bebê classificará os objetos em grupos: por cor, forma ou tamanho, o que ajuda nos conceitos matemáticos iniciais. Brinquedos e utensílios domésticos, como estacas e utensílios de cozinha de plástico, são bons para esse tipo de jogo.

Apesar da enorme quantidade de estímulos que estão aprendendo, as crianças não sabem como todos os conceitos se encaixam. Por exemplo, seu filho pode gostar de ver as coisas caírem dentro do vaso sanitário. Mas as crianças não percebem que elas mesmas não podem ser jogadas no vaso sanitário também. Ou que, se uma perna de uma boneca ou ursinho favorito é arrancada, o mesmo não acontece com uma pessoa real. Dedicar um tempo para explicar esses conceitos ao seu filho pode ajudar a aliviar seus medos.

Como estimular o desenvolvimento cognitivo?

Confira algumas formas simples que você pode estimular o desenvolvimento cognitivo do seu filho e colher bons resultados ao longo da vida dele:

  • Informe seu filho que o que ele pensa é valorizado. Ouça suas perguntas com muito cuidado; 
  • Faça perguntas e crie oportunidades para fazer seu filho pensar por si mesmo. Incentive-o a ter ideias originais. Também mostre um respeito autêntico por suas ideias;
  • Incentive-o a experimentar vários métodos para resolver problemas, como por exemplo: conversar, desenhar, representar uma peça, pintar ou fazer um modelo de barro. Ajude seu filho a continuar tentando até encontrar uma solução que funcione para ele;
  • Jogue uma variedade de jogos com seu filho. Para crianças mais novas: construa com blocos. À medida que seu filho amadurece: jogue jogos de tabuleiro, de memória, trabalhe em quebra-cabeça, etc;
  • Escolha brinquedos que incentivem várias maneiras de brincar. Os brinquedos que só podem ser jogados de uma maneira limitam a criatividade das crianças e as oportunidades de solução de problemas. Algumas sugestões seriam: blocos, brinquedos de conexão, caixas de papelão, faixas e carros, tintas, lápis, papel, argila caseira, instrumentos, etc.

É uma boa ideia deixar seu filho assumir a liderança cada vez mais brincando. Deixá-la assumir a liderança lhe dá prática na tomada de decisões e também ajuda a construir sua confiança.

Se seu filho estiver tendo problemas com uma atividade lúdica, você pode perguntar a ele o que ele pode fazer a seguir para resolver o problema, ou você pode gentilmente oferecer ideias. Por exemplo, “Onde mais essa peça do quebra-cabeça se encaixa? Já tentou mudar para o outro lado?” E celebrar o trabalho duro do seu filho o encorajará a enfrentar novos problemas. Por exemplo: “Muito bem – você encontrou o local certo para isso!”

Ao incentivar o desenvolvimento cognitivo na infância promovera uma base para o sucesso de seu filho na escola e mais tarde na vida, nada poderá segura-lo!

Similar Posts