Geração Y: migração da era analógica para a era digital

pessoa com um notebook anotando algo no papel

Conhecida como Geração Internet ou Milênio, a geração Y é constituída por pessoas que nasceram entre os anos de 1980 e 1990. Essa geração nasceu em uma era de avanços tecnológicos, eles nasceram imersos em atividades variadas e tarefas múltiplas. Para eles a alteração entre a era analógica e a digital aconteceu de forma natural.

Quer entender mais sobre a geração Y? Neste texto mostraremos como a migração digital se manifestou entre os millenials e como ela interfere na educação atualmente. Além disso, mostraremos também como a pandemia intensificou o processo de transição das escolas para o mundo digital. Confira.

O que é geração Y?

Como já foi dito, a geração Y é constituída por pessoas que nasceram entre os anos de 1980 e 1990. As pessoas dessa era nasceram rodeadas de estímulos tecnológicos em que as empresas disputavam uma corrida tecnológica e o barateamento de smartphones garantiu o acesso de muitas pessoas ao mundo da tecnologia.

Com isso, essa geração passou a ter acesso a uma quantidade de informação imensa em suas mãos a qualquer momento. Desse modo, passou-se a usar o celular para tarefas simples, como fazer ligações até outras mais complexas como assistir aulas e entregar tarefas da escola.  

O que é migração digital?

Além do que foi dito no tópico anterior, a migração da era analógica para a digital vai além do uso de celulares pelos millenials. Isso acontece porque não somente os celulares ajudaram a aumentar o acesso ao digital, mas também o uso de computadores, televisões e até mesmo carros estão atualmente conectados a internet. Com isso, a migração para o digital não somente se tornou comum, como também é a solução mais natural para os dias atuais.

Desse modo, pode-se observar a inserção das tecnologias e da internet em todas as áreas das nossas vidas, desde para realizar transações bancárias, como para pedir alimentos e também para a educação de nossos filhos. Veja a seguir mais sobre o tema!

Como a migração digital se manifesta na educação?

Com a chega dos millenials ao sistema de ensino e a intensificação das tecnologias nas escolas, fica cada vez mais evidente que a migração digital também se manifesta na educação. Com isso, podemos ver uma série de alterações e inovações dentro da área dessa área.

Sendo assim, não devemos falar aqui somente do uso da internet em aula, mas sim as formas de interação na escola, a sua cultura e formas de ensino. Por isso, podemos dizer que a inserção do digital na educação se manifesta das seguintes formas:

Conteúdos disponíveis a qualquer momento

Como já foi dito, com a chegada dos millenials o acesso a informações variadas a qualquer momento se tornou frequente. Com a área da educação isso não foi diferente. Por isso, os alunos não precisam mais se deslocar até bibliotecas para ter acesso ao conteúdo, com a disponibilidade de livros digitais e conteúdos nas plataformas torna-se tudo mais facilitado.

Experiências personalizadas

Com o uso da tecnologia é possível para as escolas criarem experiências de ensino mais personalizadas para os seus alunos. Assim cada um terá acompanhamento mais especializado de acordo com as suas dificuldades e conseguirá absorver melhor os conteúdos apresentados ao longo da sua trajetória escolar.

Como a pandemia intensificou a migração digital?

Apesar de as tecnologias terem surgido antes da pandemia de COVID- 19, é possível dizer que essa intensificou rapidamente o uso de tecnologias nas escolas. Isso porque, com o isolamento social, escolas e pais não tiveram outra alternativa a não ser tornar o ensino digital. Desse modo, o que antes era uma tendência passou agora a ser algo obrigatório para prosseguir com o ensino.

Sendo assim, podemos ver que tanto os alunos, como os professores e pais tiveram que se adaptar ao mundo digital. O uso de internet, tablets e outros suportes tecnológicos é primordial para que todos possam acompanhar as aulas e realizar as tarefas.

Veja nosso texto sobre como a educação aliada a tecnologia pode tornar o mundo melhor.

Quais as dificuldades da inserção no mundo digital?

Apesar de grande parte das pessoas já estarem inseridas no mundo digital e a geração Y ter muita facilidade com tecnologias, ainda assim há dificuldades que precisam ser enfrentadas para que esse sistema seja plenamente implementado nas escolas para todos.

O motivo disso é que nem todos os alunos tem o mesmo acesso a rede de internet boa, computadores e espaço tranquilo para estudar em casa. Desse modo, o que poderia garantir a continuidade do ensino para todos pode na verdade fazer com que alguns dos alunos avancem rapidamente em seu aprendizado enquanto outros, por falta de suporte, não tenham acesso aos materiais da escola.

Para resolver essa dificuldade é preciso que as escolas estejam em constante diálogo com os pais. Além disso, é primordial que os pais entendam o que é o ensino remoto, quais são as dificuldades e como é possível auxiliar os seus filhos ao longo da sua jornada de aprendizado no mundo digital.

Ao longo deste texto mostramos o que é a geração Y e como a migração digital aconteceu entre os millenials. Para isso, dissemos como é classificada a Geração Internet e posteriormente dissemos o que é a migração digital. Posteriormente, dissemos como ela se manifesta na educação e como a pandemia pode ter intensificado esse processo.

Gostou de entender mais sobre a migração da era analógica para a digital? Então não deixe de acessar o nosso artigo “Jovens e a tecnologia: como usar de modo consciente?”.

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: