Ensino Remoto: como criar uma rotina de estudos eficiente

mãe auxiliando filho nos estudos online

Nunca se falou tanto em ensino remoto como atualmente. Isso porque com o surgimento da novo coronavírus e a necessidade emergente de isolamento social, muitas instituições passaram a adotar este método de ensino aprendizagem para ministrar as aulas.

O principal objetivo por detrás do ensino remoto está em proporcionar acesso temporal aos materiais de ensino de forma digital.

Mesmo sendo uma forma de dar aulas mais dinâmica, muitos alunos tem dificuldade para se organizarem para as aulas e principalmente para estudar os conteúdos enviados pelos professores em geral.

Sendo assim, preparamos um material exclusivo no artigo de hoje, em que lhe revelaremos como você pode organizar uma rotina de estudos. Aproveite e faça uma boa leitura!

Ensino Remoto: tenha um objetivo diário de estudos e leituras

A primeira dica que poderemos passar para a rotina de estudos no ensino remoto está voltada para aqueles que buscam saber como criar uma jornada de estudos mais produtiva.

Mesmo que seja tentador sentar-se e deixar que a mente guie o momento dos estudos, existem evidências científicas que apontam que estudar de modo mais organizado aporta melhores resultados.

Ao organizar o que se deve fazer e esforçar-se para completar as tarefas, o aluno não só calculará exatamente o tempo dedicado à aprendizagem (o que otimiza a gestão do tempo), como também trará uma grande satisfação pela conquista.

Leia também: Ensino Remoto: entenda como ele estimula novas formas de aprendizado.

Elabore um cronograma de estudos

Durante o dia a dia, semana a semana, ou a cada mês, é interessante que o aluno tenha um cronograma, em que possa visualizar o que precisa estudar, quais as datas de entregas importantes, principais atividades no ensino remoto, conteúdos a serem reforçados, entre outros.

O aluno também pode fazer uso de inúmeras ferramentas que tenham funções voltadas para organização e estruturação de cronogramas de estudos, os quais permitem:

  • Programar chamadas;
  • Programar lembretes e alarmes;
  • Marcar determinadas tarefas como realizar ou por fazer;
  • Categorizar atividades por prioridade, entre outros.

Independentemente da escolha, é necessário que o aluno opte por um formato que realmente simplifique a sua vida cotidiana e a sua jornada de estudos no ensino remoto.

É sempre útil apostar em tecnologias avançadas, uma vez que elas aportam mais agilidade para serem trabalhadas.

Também é preciso estabelecer um horário de estudos dentro do ensino remoto que seja realista com as possibilidades e disponibilidade de tempo do aluno, além de ser um horário que realmente lhe permita ter mais concentração.

Dedique tempo para interagir virtualmente com professores e colegas

O ensino remoto mudou a vida social de todos os envolvidos no processo educativo, seja professor, aluno, gestão, etc.

Mesmo que o ensino remoto tenha essa configuração à distância, é imprescindível que o aluno aproveite todos os momentos de troca e que interaja com seus professores e colegas, pois essa troca de conhecimentos  e ideias é fundamental para o pleno desenvolvimento da prática pedagógica.

Enquanto que os professores  atuam como uma fonte de inspiração, a interação com os colegas nas aulas e participação nos fóruns online oferece informações adicionais e trocas únicas entre os pares envolvidos.

Lembrando que nesse meio tempo é possível que os alunos troquem estratégias de estudos que podem vir a solucionar dificuldades enfrentadas em determinadas aulas. Mas, para que isso realmente ocorra, é necessário que haja essa troca.

Em outras palavras, queremos apontar que, frequentemente a experiência e a perspectiva dos demais é útil para otimizar o processo de aprendizagem.

Ensino remoto: Mantenha o seu espaço de estudos organizado

Você sabia que manter o seu entorno de aprendizagem organizado otimiza a aprendizagem, lhe ajuda a manter-se focado e é parte fundamental para que o aluno realmente consiga desenvolver todas as tarefas dentro do ensino remoto?

Todos aqueles que estudam em casa através do ensino remoto, precisam desenvolver suas tarefas pedagógicas em um local que seja limpo e organizado.

A organização do espaço de estudos também permite ao estudante que evite distrações que possam lhe fazer perder o foco e, portanto, otimiza a gestão do tempo.

Encontre um lugar silencioso

Escolher uma peça da sua casa que seja tranquila e que proporcione maior privacidade enquanto o aluno estuda é um excelente modo de fazer com que o ensino remoto realmente funcione no processo de ensino e aprendizagem.

Se não há um escritório para esta função, você deve separar um ambiente da sua casa e equipá-lo com tudo o que for necessário para a criança render ao máximo em seus estudos.

Também é importante que o aluno, quando for desenvolver alguma tarefa dada através do ensino remoto, que ele evite o uso de aparelho celular, utilizando-o apenas quando for necessário.

Siga uma rotina no ensino remoto

É fácil dizer que seguir uma rotina programada é importante. No entanto, esta é a dificuldade que 56% das pessoas enfrentam.

Leia também: Ensino Remoto: desafios e soluções para adaptação da aprendizagem.

Não é fácil cumprir com todos os objetivos de um dia de estudos. É por esta razão que respeitar seus próprios limites e estabelecer objetivos diários é essencial.

Em outras palavras, manter suas tarefas y cronograma atualizados, equilibrar a vida pessoal e profissional com a aprendizagem são aspectos importantes para aqueles que desejam criar uma rotina de estudo.

Prove métodos comprovados para criar a rotina de estudo ideal no ensino remoto

Precisamos ter em mente que, cada aluno trabalha de uma forma diferente.  Se você ainda não está seguro sobre como começar o planejamento de estudos do seu filho no ensino remoto, pode confiar em métodos comprovados.

Estas técnicas permitem melhorar a aprendizagem, a administração do tempo disponível e aceleram a absorção da informação.

A seguir, veja alguns exemplos de métodos comprovados:

  • Método Robinson (EPL2R): esse método nada mais é do que um guia que nos ensina 5 passos e nos faz interiorizar o próprio conteúdo. Os passos são: explorar, perguntar, ler, rememorar e repassar.
  • Técnica Pomodoro: essa metodologia está pautada no uso consciente do tempo. Lhe exige apenas 25 minutos de concentração e intervalos de 5 minutos de descanso. Pesquisas apontam que este tipo de técnica ajuda a melhorar a produtividade e concentração, tanto de pessoas que querem estudar mais, como para aqueles que querem ser mais produtivos em suas atividades laborais.

Se você gostou do nosso conteúdo, deixe um feedback nos comentários!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: