Como a tecnologia mudou as formas de aprendizado

Formas de aprendizado - pessoas com computador

Conforme a tecnologia avança, e tecnologias tornam-se mais baratas, simples e acessíveis, surgem novas aplicações para elas que facilitam muito a nossa vida. Mas, algo que não se discute com muito frequência é: como essas tecnologias impactaram as formas de aprendizado?

Aprender algo hoje em dia não é mais como antigamente. É muito mais fácil. A tecnologia facilitou muito tanto a prática de ensinar, como a prática de aprender, tanto dentro e fora da sala de aula.

Quer alguns exemplos desses impactos? Selecionamos algumas das principais mudanças nas formas de aprendizado causadas pelos avanços tecnológicos.

1) Tecnologias nas salas de aula

Projetor
O velho retroprojetor já está aposentado a muito tempo.

A informatização mudou muito o funcionamento das aulas nas escolas que acompanharam sua evolução. As melhores escolas e universidades do país atualmente têm, em praticamente toda sala, três componentes essenciais para seu bom funcionamento: um computador, um projetor digital ligado ao computador, e, claro, um bom ar condicionado.

Já acabaram os dias do velho retroprojetor, dos slides feitos a mão, e das apresentações com cartazes de cartolina. As formas de aprendizado contemporâneas se baseiam no uso da internet, na habilidade de obter qualquer informação quando precisar (graças à internet) e em tecnologias como o Word e o PowerPoint.

Essa modernização não só facilita o trabalho dos alunos e professores (que, com isso, podem se dedicar mais aos estudos e ao ensino, respectivamente), como também os prepara para a vida profissional. Afinal, quem hoje em dia faria uma apresentação para seu chefe sem usar uma apresentação em PowerPoint?

2) Ensino à distância

Ensino à distância: novas formas de aprendizado
O ensino a distância possibilitou que muitas pessoas pudessem ter acesso à educação universitária.

Com a popularização de computadores mais potentes e a internet banda-larga, se tornou muito mais fácil e rápido usar a internet e assistir vídeos, como é possível ver com o crescimento de plataformas como o YouTube e o Vimeo. Não demorou muito para essas plataformas começarem a ser usadas para difundir conhecimento. Os chamados tutoriais ficaram muito famosos por mostrar na forma de vídeo como fazer muitas coisas, desde passar uma fase difícil de um jogo, até a fazer reparos na própria casa.

Com isso, também surgiram empreendimentos que visavam difundir conhecimento de qualidade, conseguindo parceria com universidades, professores reconhecidos e até celebridades para que ensinassem diversos assuntos em suas plataformas. Embora sejam pagos, eles passam a garantir qualidade e um ensino de nível universitário.

Não demorou muito para as universidades brasileiras entrarem nesse novo território também. Os cursos por Ensino à Distância (EAD) são muito mais baratos e flexíveis que as formas de aprendizado tradicionais de sala de aula, aumentando muito o acesso à educação universitária. Você recebe aulas em forma de vídeo, feita por professores experientes no assunto, e tem liberdade para revê-las quando quiser, além de receber também exercícios e provas para serem feitas, como em uma matéria normal. Atualmente, as faculdades podem inclusive oferecer até 40% de sua carga horária no formato EAD.

3) Auto-aprendizado

Criança com tablet
A tecnologia pode abrir muitas portas para seus filhos.

Além de aprender nas escolas ou por cursos de nível universitário, a tecnologia também facilitou muito uma outra forma de aprender: o autodidatismo. Isto é, aprender por si próprio, seguindo seus próprios ritmos, métodos, livros, etc. Antes isso era mais restrito a pessoas que tinham acesso a livros de diversos temas e a uma educação básica de qualidade. Hoje, há todo um mercado em volta do autodidatismo.

Se não souber por onde começar, a internet também te dá a resposta. Há vários sites, blogs e vlogs na internet dedicados à arte de aprender por si próprio, e dão várias dicas valiosas para se aventurar nesse mundo. Aprendizado de línguas, programação, e teoria e prática de música são alguns dos assuntos mais populares, mas você pode encontrar também sites dedicados ao artesanato, à botânica, à gastronomia e até ao mercado financeiro! É um mundo acessível a todas as idades e para todos os gostos.

Quer saber mais? Temos algumas dicas de ótimos apps para aprendizado nas férias, informações sobre os benefícios da tecnologia para o aprendizado e sobre a gamificação da educação, para poder entrar nesse mundo bem informado.

Posts Relacionados

Deixe uma resposta