Pokémon Go: por que faz tanto sucesso?

Pókemon Go - pokebola

Desde meados dos anos noventa, personagens começaram a fazer a cabeça das crianças e dos adultos em forma de animação, nesse desenho você assistia as aventuras de mestres que disputavam torneios para descobrir quem era o melhor. Assim, essa foi à base que permeou o Pokémon, um desenho japonês que deriva de jogos e que faz referência a toda uma geração. Nessa linha, atualmente um jogo da série que mistura realidade aumentada quebrou recordes de sucesso e cada dia ganha novos adeptos, o Pokémon GO.

Com isso, vamos revelar os motivos do por que o Pokémon Go faz tanto sucesso, dessa forma, será demonstrada a ideia inicial do jogo, sua revolução feita no mercado de games mobile e as formas de como pode melhorar a interação, bem como, a saúde das pessoas que utilizam do Pokémon Go para se divertir.

Origem da criação do jogo Pokémon Go

O Pokémon Go surgiu de uma parceria de sucesso entre a Google e a Pokémon Company que em 1 de Abril de 2014 colocaram vários pokémons para serem encontrados dentro do Google Maps, o resultado da brincadeira foi um sucesso que despertou a ideia nas empresas em desenvolver um jogo que relacionasse os personagens do universo junto com os locais reais das cidades pelo mundo. Com isso, foi que entrou na parceria a Niantic, a empresa desenvolvedora do jogo e que proporcionou todo o mecanismo que tem hoje por causa de experiências já realizadas em jogos parecidos que a empresa tinha desenvolvido, porém que não tiveram tanto sucesso, por serem feitos em cima de personagens desconhecidos. Ademais, todo o processo era avaliado e as etapas tinham que ser aprovadas pela Nintendo, a gigante empresa de games japonesa.

banner construct 3: imagem da plataforma

Dessa forma, a receita de sucesso estava pronta, a Niantic com uma base de dados desenvolvida, a Google e a Pokémon Company com a fama e os direitos autorais dos personagens de sucesso por trás e a Nintendo avaliando todos os resultados, dessa forma, com todo esse esforço coletivo, nasceu o Pokémon Go.

A revolução do Pokémon Go no marcado de games mobile

Até então os jogos mobiles tinham uma interação comum entre todos eles, às vezes com o jogador utilizando do game sozinho ou com a interação de pessoas no modo online, contudo, não era uma interação feita no mundo real e não tinha a necessidade da busca em lugares diferentes para que as fases do jogo fossem evoluindo.

Dessa forma, o Pokémon Go revolucionou e preencheu uma lacuna do mercado de games, que fez com que uma interação diferente fizesse sucesso. A ideia de realidade aumentada e a relação jogo e espaço real não é nova, todavia, nenhum jogo até então conseguiu captar a atenção de tantas pessoas e nem chegou perto de fazer com que elas interagissem de uma forma tão grande.

O sucesso dos jogos digitais nos dias atuais quase sempre está ligado ao fato de ser mobile, pois os jogos dependem da capacidade de acompanhar os  movimentos migratórios dos indivíduos, outro fator que o jogo revolucionou foi uma mudança no comportamento digital das pessoas.

Nesse viés, além do Pokémon Go ter as principais características de um bom jogo, com um equilíbrio adequado entre diversão, obtenção de feedback e construção de vínculos, ele faz uso de uma fórmula antiga de diversão e que era mal explorada no mobile, sendo a  combinação de mecânicas como “caça ao tesouro” e como “coleção de grupos”.

Por fim, o Pokémon Go utiliza técnicas de realidade aumentada, através da qual os jogadores podem ver e transformar o mundo físico através das telas de seus smartphones, além do fato de ser um jogo social que mantém as pessoas que jogam em constante diálogo.

Quais os motivos do game ter um grande público?

O primeiro motivo do grande sucesso do Pokémon Go já foi dito, sua revolução no mercado de games mobile. Entretanto, existe outros diversos fatores que ajudam para o jogo ser um fenômeno.

Assim, outro fator relevante que sempre permeia o Pokémon Go é o incentivo que o jogo trás para a interação entre as pessoas e a “quebra do gelo” no caso de quem é tímido socialmente.

Os jogadores organizam encontros para procurar pokémons lendários, além de caçar em grupo e conversar sobre coisas que gostam, assim, aumentando a rede de interações sociais de quem joga.

Seguindo essa linha, Pokémon Go ajuda na saúde das pessoas que jogam, pois incentiva a caminhada, dessa maneira, tira as pessoas de suas casas e acaba com o sedentarismo, sendo um bom tipo de passeio entre pais e filhos, que conseguem ter um atrativo para as crianças se exercitarem pelo bairro e conhecer colegas que utilizam do mesmo game.

Continuando, outra característica que pode explicar o sucesso do jogo se trata da maneira que as pessoas começam a enxergar lugares relevantes e históricos de suas próprias cidades, em que, antes do jogo, era totalmente passado despercebido pela maioria.

Por fim, o fato que talvez seja o principal de todos os outros mencionados, a ligação que o Pokémon Go faz entre ser um produto cultural e nostálgico para quem se interessa pelo o game e joga. Assim, a intenção dos desenvolvedores não foi apenas às crianças, mas sim de também chamar a atenção dos seus pais que em tenra idade acompanhavam os desenhos e diversos filmes que eram produzidos com o universo Pokémon, com isso, a marca virou um patrimônio da cultura de uma geração de pessoas em uma época que a única preocupação era o boletim escolar.

Dessa forma, o Pokémon Go conseguiu fisgar os adultos que não eram tão íntimos com jogos pela nostalgia que causa na geração nascida nos anos 80 e 90 e, assim, captou os mais jovens pelo interesse e o mecanismo do jogo.  Portanto, sendo um motor para alavancar o game a níveis nunca vistos antes no mobile.

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: