Por que educação tecnológica é o novo inglês?

educação tecnológica com robótica

Há pelo menos duas décadas ouvimos sobre a importância de falar e escrever em inglês. Sempre soubemos que uma segunda língua fluente é importante para conseguir melhores colocações no mercado de trabalho. As aulas para aprender a língua inglesa já estão presentes na rotina da maioria das crianças e adolescentes e o fato de falar de inglês já se tornou praticamente uma obrigação. É preciso mais, é preciso ir além. Dentro desse contexto surge a educação tecnológica com a proposta de criar uma nova geração capaz de criar tecnologia e, com isso, fazer a diferença no mundo.

Todos sabemos que essa geração atual já nasce conectada, sabendo utilizar aplicativos, celular, tablets, computadores e com a Internet à sua disposição. Não se deve lutar contra isso e sim tirar proveito dessa facilidade que eles tem com a ajuda da educação tecnológica.

Entenda melhor o que é a educação tecnológica, de que forma ela pode ajudar na formação do seu filho e porque ela é tão necessária quanto o inglês atualmente.

Você sabe o que é educação tecnológica?

O Brasil apresenta hoje um modelo de educação que não avançou diante das mudança que a população viveu e vive diariamente. Seguimos com um sistema onde o centro é o professor, que passa seu conhecimento aos alunos sentados em fileiras, um atrás do outro, por meio de disciplinas que também não evoluíram como deveriam.

Com crianças e jovens cada vez mais conectados, é preciso repensar se somente esse modelo é o suficiente para os nossos filhos. De acordo com o escritor Marcelo Rubens Paiva, durante o evento Educação 360 Jovem realizado no ano passado, a nova geração tem nas redes sociais e na tecnologia um campo enorme, sendo muito mais fácil ter contato com a informação. “A dificuldade é como ter instrumento para isso e como aprender a aprender”.

A educação tecnológica é uma ferramenta extremamente importante nesse cenário. Ela traz para o ensino aspectos tecnológicos que serão primordiais para o futuro, permitindo que o excesso de informação e de tecnologia seja aproveitado para o bem, a favor dos alunos.

Como usar a tecnologia na formação da criança e do adolescente 

Em nosso dia a dia, temos contato com recursos tecnológicos a todo momento, seja conversando por meio de um aplicativo de troca de mensagens, utilizando um cartão para pagamento do transporte público ou fazendo o pagamento de um boleto pelo celular.

Na educação tecnológica o aluno aprenderá a trabalhar com programação e, com isso, criar essas e outras tecnologias. A I Do Code dispõem de um curso completo onde o aluno terá um introdução sobre a tecnologia, noções iniciais de animação e, ao longo dos semestres, se aprofundar em temas como robótica, webdesign, jogos profissionais e empreendedorismo.  

Entre os benefícios desse conhecimento estão: 

Raciocínio Lógico: os alunos são constantemente desafiados com novos problemas, reforçando seu raciocínio lógico.

Criatividade: os alunos exercitam sua criatividade desenvolvendo novos projetos para cada aula.

Concentração: programar requer concentração e foco na solução ajudando a pensar de forma objetiva e clara.

Solução de Problemas: projetos em grupos e individuais voltados para completar desafios

Qual a relação da educação tecnológica com o inglês

Os dois aprendizados são de extrema importância, sendo que o inglês pode complementar o desenvolvimento da educação tecnológica, uma vez que com ele será possível acessar materiais internacionais, por exemplo, capazes de aprimorar ainda mais os conhecimentos sobre programação.

Você pode estar se perguntando qual seria o ensino mais importante para o seu filho nesse momento, o inglês ou a programação . Enquanto se comunicar e escrever na língua inglesa se tornou indispensável e necessário para se desenvolver em praticamente todas as profissões, a programação melhora as habilidades de entender e resolver problemas, o que é muito útil tanto na escola como para outras atividades fora dela. 

O raciocínio lógico aprendido na programação permite dividir problemas grandes em menores até o ponto em que seja possível resolvê-los com facilidade. Sem falar que se trata de um dos setores que mais contrata no Brasil e fora dele nos últimos anos.

O mercado de games no Brasil, por exemplo, deve crescer em torno de 5,3% até 2022, conforme resultado apresentado pela 19ª Pesquisa Global de Entretenimento e Mídia, da PwC. No ano passado, o faturamento do setor no país atingiu 1,5 bilhão de dólares, mantendo a posição de líder latino-americano e 13º na classificação global.

Ao avaliar o que o inglês e a programação tem a oferecer para o seu filho, e quais as vantagens de cada um, você verá que ambos precisam ser incorporados à rotina das crianças e adolescentes para que os mesmos possam ingressar com sucesso no mercado de trabalho. 

O fato é que a tecnologia já está na vida dos jovens e o melhor caminho não é negar essa realidade e sim trabalhá-la a fim de conseguir benefícios para a formação e aprendizado dos estudantes.

Aula experimental 

Para apresentar de que forma isso acontece na prática, a I Do Code disponibiliza aulas experimentais com o objetivo de aproximar o aluno desse conhecimento. Permita que seu filho avance rumo ao futuro e se destaque no promissor mercado da tecnologia!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: