Robótica: Como o Arduino transforma crianças em cientistas

meninas na tecnologia
Padrão

Os robôs fazem parte do imaginário das crianças. Eles estão nos desenhos animados, séries e filmes de ficção científica e tecnologia. Porém, a cada dia que passa, a robótica deixa de ser algo exclusivo da imaginação e dos filmes para se tornar realidade. Nas áreas médicas, científicas e industriais os robôs já estão presentes e o futuro tende a ser cada vez mais tecnológico. Por isso a importância de aulas de robótica para crianças e para criar nossos próprios robôs!

Para isso é preciso criar uma ferramenta para aulas de robótica para crianças e jovens, de maneira interessante e, ao mesmo tempo, simples.

É isso que o Arduino conseguiu. Trata-se de um kit de robótica, usado como ferramenta para o ensino de programação de robôs para os pequenos, que aguça sua curiosidade e inventividade no processo. Veja abaixo o que é o Arduino e como funciona!

 

O que é o Arduino?

O Arduino é uma placa de microcontrolador, cuja linguagem de programação é padrão, tornando-a muito acessível. O objetivo dessa pequena placa é permitir a criação de ferramentas que são acessíveis, com baixo custo, flexíveis e fáceis de se usar por qualquer um.

Robótica para crianças

A criação do Arduino começou na Itália, em 2005, e tinha como principal objetivo a interação com projetos escolares, tendo um orçamento menor do que o das outras ferramentas disponíveis na época.

 

Como ele funciona?

O Arduino proporciona aos alunos uma experiência realista de robótica. Os kits nos quais ele é vendido trazem diversos sensores, uma placa LCD, uma saída de som e muito mais. É por meio de pequenos cabos que todos esses sensores são conectados às portas do Arduino, deixando o circuito pronto para executar comandos.

Esses comandos, por sua vez, são dados através da ferramenta Ardublockly, que permite o uso de programação em blocos para fazer a magia acontecer nos componentes do circuito.

 

Róbotica para crianças – Como esse conceito já é aplicado

Além de ser utilizado em várias escolas pelo mundo, o Arduino é de código aberto, o que significa que qualquer pessoa que entenda de engenharia ou design de produto pode alterar o projeto inicial, ajustando-o para diferentes usos.

Assim, basta uma busca pela internet para encontrar ótimas ideias de aplicação desses bloquinhos na vida prática das pessoas: combinando-os com um serviço em nuvem da empresa, foram criados pequenos robôs que alimentam seus peixes com um comando a distância do smartphone, campainhas que enviam mensagens para o telefone do dono da casa quando chega uma visita — digamos, durante aquela volta no quarteirão que você resolveu dar — e muito mais.

O melhor é que as pessoas que inventam esses robozinhos não são necessariamente especialistas. Um dos principais usuários dessa novidade são as escolas de programação para crianças. Afinal, não há forma melhor de desvendar para os novatos como os computadores funcionam e ajudá-los a programar e desenvolver a criatividade, não é mesmo?

E por falar em criatividade, você sabe como aprender a programar pode desenvolver a criatividade das crianças? Confira abaixo alguns projetos que podem ser feitos com Arduino!

 

Projetos com Arduino

Mas e na prática, o que pode ser construído com Arduino nas aulas de robótica para crianças? Podemos dizer que a imaginação é o limite. Veja alguns exemplos a seguir:

 

  • Tocar um Piano de papel

Quem nunca quis aprender a tocar piano, não é mesmo? Porém, esse belo instrumento pode ser muito caro. Com o Arduino, as crianças podem criar seus próprios pianos e tocá-los!

 

  • Luz de proximidade

Usando papel alumínio e resistores, é possível criar um sensor de proximidade que acende uma luz quando alguém chega muito perto de algum objeto!

 

  • Alarme de Ladrão

Esse alarme, feito com poucos componentes, pode ser colocado em qualquer lugar e é acionado quando alguém tenta tirar o objeto de perto dele!

 

Se interessou pela ideia? Veja como são as aulas de robótica da I Do Code!


Posts Relacionados

Deixe uma resposta