3 formas de usar a tecnologia a favor das crianças

Crianças na tecnologia

Todo pai e mãe sempre quer o melhor para os próprios filhos. Quer que eles cresçam, se desenvolvam, sejam saudáveis e se tornem a melhor pessoa possível. Também desejam que se tornem pessoas bem sucedidas, e que deixem sua marca no mundo. Muitas vezes, durante esse processo, procuram afastar as crianças da tecnologia. Afinal de contas, todas essas cores e entretenimento que saem das telinhas são hipnóticos, e a criança passa a querer brincar menos fora de casa, não se interessa por ler, ou algo nesse sentido.

Mas isso não é bem verdade. Isso não é culpa da tecnologia por si só. A tecnologia pode ser muito benéfica para o desenvolvimento dos seus filhos, mas é preciso saber usá-la. Neste artigo, vamos elencar algumas dicas de como fazer isso, e permitir que você use todo o potencial dela!

1) Usando a tecnologia com os aplicativos certos

Crianças pequenas adoram uma boa tela touchscreen. Quando mais nova, mais ela adora ficar brincando com as cores fortes dos tablets e celulares. Normalmente as pessoas introduzem as crianças a eles como forma de distração: crianças normalmente são bem agitadas e os tablets agem como se fossem calmantes. E, por isso, mesmo depois delas crescerem, eles são vistos como apenas uma “distração”, uma forma de entretenimento.

Mas tablets e celulares não se limitam a isso há anos. Nós estamos na era de ouro dos apps educativos: se você der uma olhada nos aplicativos disponíveis nas lojas da Google e da Apple, vai perceber que boa parte deles têm como objetivo ensinar algo de forma simples e às vezes até gamificada. E ainda: a maioria é gratuita! Atualmente, tablets e celulares são uma ótima forma de ensinar várias coisas para seus filhos.

Quer saber mais? Pois temos uma seleção de cinco apps educativos muito bons para seus filhos!

2) Melhorando o raciocínio lógico através da Educação Tecnológica

Quer que seu filho tenha ótimo desempenho na escola? Quer garantir desde a infância dele que ele consiga entrar em qualquer faculdade que ele quiser no futuro? Quer que ele já desenvolva interesse pela tecnologia, programação e matemática? Pois atualmente isso é muito fácil.

Nós estamos atualmente na era da educação tecnológica. A tecnologia está cada vez mais fazendo parte das escolas e das universidades, devido a toda facilidade que ela proporciona. E pouco a pouco, ela está deixando de ser simplesmente um suporte educativo e ganhando o centro das atenções. E isso é a educação tecnológica.

Esse novo tipo de educação, com o qual trabalhamos aqui na I Do Code, ensina as crianças a se tornarem mestres de seus computadores e celulares, ensinando conceitos básicos a avançados de assuntos como programação, computação, hardware e até criação de jogos. Quanto mais jovem a criança começar a aprender esses assuntos, mais fácil será para ela colocá-los em prática no futuro. E nesse processo, ela também aprimora habilidades dela, como o raciocínio lógico, a criatividade e a concentração.

Quer saber mais? Temos outros artigos sobre o assunto:

Incentivando o uso saudável do computador

O computador e a internet podem ser a porta de entrada para vários conhecimentos novos. A internet é uma fonte de conhecimento inesgotável, sendo a maior parte dele disponibilizado de forma gratuita, na forma de artigos, tutoriais, vídeos, e muito mais. Se seu filho tem sede por conhecimento, a internet é a melhor forma dele obter isso, pois está na palma de sua mão.

Mas o computador e a internet também têm seu lado ruim. Crianças mais novas, quando estão começando a se aventurar neles, não tem exatamente muito bom senso sobre o que ela deve ou não fazer, ou que pode ou não acessar. Com isso, elas estão a todo momento vulneráveis a diversos tipos de vírus, conteúdo violento ou pornográfico, e até a interagir com pessoas mais velhas e de má índole. Isso sem contar com os possíveis malefícios à saúde dela devido ao uso prolongado, como problemas de visão e lesão por esforço repetitivo.

Por isso, ao introduzir as crianças a eles, é melhor fazer isso de forma controlada, para maximizar os benefícios e prevenir os malefícios. Já abordamos isso em outro artigo de forma mais aprofundada, e você pode lê-lo aqui.

Esperamos que as dicas sejam úteis para o crescimento do seu filho! Gostou delas? Confira nosso curso!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta