Metodologia Freinet – Como construir juntos um mundo novo?

metodologia freinet

A metodologia Freinet é outra abordagem pedagógica que traz respostas às necessidades das crianças modernas, colocando estas no centro das atividades escolares, diferentemente do que ocorria com os métodos tradicionais de ensino. A proposta é inovadora e muito simples de ser aplicada em diferentes contextos.

Trata-se de uma perspectiva efusiva, repleta de ferramentas e técnicas inovadoras, que motivam a autonomia, a criatividade e a livre iniciativa da criança, competências muito necessárias atualmente, seja no contexto social e individual, seja nos profissionais do futuro – veja mais sobre o assunto nesta matéria.

O que é a metodologia Freinet?

Construir juntos – esta é uma das principais propostas da metodologia criada por Celéstin Freinet (1896-1966), um pedagogo anarquista francês, que tem como proposta a integração da criança à sociedade, a partir de uma formação cidadã e participativa. Nesta proposta, a metodologia Freinet possui quatro segmentos essenciais:

  • Cooperação: Meio para a construção social do conhecimento.
  • Afetividade: Ligação ente as pessoas e objeto de conhecimento.
  • Comunicação: Integração pelo conhecimento.
  • Documentação: Registro da história construída diariamente. 

Princípios invariáveis de Freinet

Uma das inovações do método Freinet é conceber que o adulto e a criança possuem a mesma natureza, e ter mais idade não significa ser superior, assim como a criança não é vista como um ser inacabado, visão muitas vezes comuns em métodos tradicionalistas de ensino. 

Os métodos coercitivos da educação tradicional, que trazem medo e ansiedade, são fadados ao fracasso, uma vez que ninguém se desenvolve plenamente com imposições e passividade – nem crianças e nem adultos. Desta forma, a proposta da metodologia Freinet é promover a motivação, o gosto por aprender, o aprender como uma vontade genuína, através de escolhas pessoais. A comparação, a competição e o fracasso inibem o aprendizado e destroem o entusiasmo.

Para Freinet, o ensino maçante de demonstração, explicação e observação não são naturais, mas sim a experiência individual, o tateamento e a experiência viva, que tenham a ver com o contexto em que o criança esteja inserida. O trabalho individual e coletivo é amplamente cultivado em escolas que seguem esta abordagem, mas precisa ter um significado. O trabalho na escola é instigante e não competitivo, mas cooperativo, democrático e organizado pelos próprios alunos. 

Esta abordagem é muito otimista, pois deposita em um método em que a criança não é anônima ou apartada do seu próprio processo de ensino e aprendizagem, mas participante de um grupo democrático, em que tem voz e vez e que ajuda a construir desde cedo. Também oferece soluções a vários problemas atuais de educação – veja mais sobre este assunto nesta matéria.

Vantagens da metodologia Freinet

A metodologia Freinet é considerada libertária, pois permite o diálogo entre os alunos e professores, bem como entre outros elementos da comunidade escolar, sendo que os alunos participam das decisões sobre as resoluções de problemas e se organizam para o trabalho. Possui instrumentos, técnicas e práticas construtivas e motivadoras da criatividade.

Crianças, Menina, Lápis, Desenho, Notebook, Estudo, metodologia freinet
Construir juntos é uma premissa da metodologia Freinet.

Entre as principais técnicas e recursos da metodologia Freinet estão:

Registro do dia – Fica registrado tudo o que foi ou está sendo elaborado pelo grupo – o quadro de lideranças, o calendário, as palestras de alunos e assembleias, organização da sala e planejamento da rotina.

Correspondência interescolar – Os alunos trocam correspondências e experiências com alunos de outras escolas.

Livre expressão – Pode ocorrer pelas artes plásticas, dança, escrita, teatro, música, moda, fotografia e qualquer outra modalidade artística.

Livro da vida – É um dos recursos mais importantes. Nele ficam registrados os acontecimentos importantes da turma.

Jornais – escolar, mural, falado – O jornal é um meio de comunicação entre os alunos e pode ser impresso, em mural ou falado (gravado em vídeo ou podcasts). Nota-se que a metodologia Freinet incentiva diferentes mídias no processo de ensino e aprendizagem. O jornal é feito 100% pelos alunos.

Planos de trabalho (semanais e mensais) – O trabalho é organizado e coletivo – todos participam na criação e execução do planos.

Aulas-passeio – São aulas em diferentes contextos fora do ambiente escolar. É outro recurso muito importante da metodologia Freinet. Ocorrem de forma exploratória, incentivando a experiência individual e coletiva. As aulas-passeios visam ainda o aproximação e o relacionamento entre alunos e o contato com a natureza.

Metodologia Freinet para o aprendizado tecnológico

A metodologia Freinet dá espaço para a experimentação, para a descoberta da criança e para a autonomia. São condições essenciais para aprender e criar recursos tecnológicos desde a mais tenra idade e também para a iniciativa empreendedora. 

O aluno pode criar jogos, aplicativos, recursos tecnológicos úteis para si, para o seu grupo ou para o mundo, sendo o professor um mediador deste processo. O aprendizado por diferentes recursos e meios, inclusive digitais, pode ser estimulado, uma vez que o universo digital reflete necessidades reais no mundo moderno e da própria criança. “Criar juntos”, um dos princípios Freinet pode ser uma proposta de integração social através do fazer tecnológico.

Gostou das dicas sobre metodologia Freinet? Deixe um comentário com as suas dúvidas e sugestões! Siga a I Do Code no Instagram! Visite o nosso site!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta