Aprender a programar é a melhor coisa que seu filho pode fazer

Padrão

Uma grande preocupação dos pais atualmente é a grande quantidade de tempo que os filhos passam na frente de computadores e celulares. Com a tecnologia cada vez mais presente em nossas vidas podemos ver a importância de se ter uma educação digital de verdade, mas pouco pensamos sobre os outros benefícios que essa educação traz para nossos filhos.

Pensando nisso, preparamos para você alguns motivos pelos quais aprender a programar é uma coisa muito boa para seu filho. Venha com a gente conferir!

Programar estimula o raciocínio lógico e a criatividade ao mesmo tempo

É claro que o desenvolvimento do raciocínio lógico por meio da programação é um dos maiores e mais conhecidos benefícios de se saber programar, já que escrever um código está profundamente relacionado à resolução de problemas.
Isso pode fazer parecer que programar é uma atividade extremamente lógica, que pouco envolve criatividade, mas isso não poderia estar mais longe da verdade, especialmente quando se trata de programação voltada para crianças. Na maioria das vezes, o ensino de programação para crianças é feito por meio de criação de jogos e animações, com o objetivo de atrair a atenção da criança para o que está sendo feito, mas acaba tendo outro efeito positivo: ao montar games e animações, a criatividade da criança é encorajada, estimulada e desafiada.

Além disso, habilidades relacionadas a resolução de problemas envolvem uma grande necessidade de pensamento criativo, buscando soluções alternativas que se adaptam às necessidades do programa que estão criando.

Conexão com o que é aprendido na escola

Programar é uma atividade que trabalha de forma horizontal com as disciplinas escolares: de português a matemática, o desempenho escolar dos jovens é impactado positivamente.
Com relação às disciplinas de exatas, o raciocínio lógico incentivado pela programação ajuda os jovens a resolver problemas de matemática e física com maior facilidade.

Por outro lado, as habilidades de comunicação de seu filho também melhoram, visto que a criação de um programa requer que a criança desenvolva em uma linguagem clara tudo o que deve ser realizado pelo programa. Essa característica também está intimamente ligada com o aprendizado de novas linguagens, como o inglês, que é a principal base para as linguagens de programação do mundo.

Muda a maneira que seu filho vê o mundo

Ao programar, seu filho exercita sua habilidade de resolução de problemas, dividindo um grande problema em problemas menores e mais fáceis de se resolver. Essa habilidade também afeta a maneira como seu filho vê o mundo: a capacidade de categorizar problemas faz com que a criança entenda melhor o mundo em que vivemos e os problemas da sociedade atual, sendo capaz de criar soluções práticas para problemas que encontra no dia-a-dia.
Além disso, essa nova visão de mundo será muito útil para a criança durante sua vida adulta: fará com que ela se sobressaia em qualquer área de trabalho que escolher seguir, além de tornar seu filho um adulto mais racional e compreensivo.

Uso mais proveitoso do tempo passado no computador

Se tirar o seu filho da frente do computador parece uma tarefa impossível, por que não aproveitar esse hábito para o bem? Programar fará com que seu filho entenda como usar a internet para aprender e descobrir, e não só para se divertir, possibilitará que ele crie o hábito de procurar na internet as dúvidas que tiver em tarefas de casa, se tornando mais independente na hora de aprender.
Além disso, a programação se tornará, muito provavelmente, um hobby da criança e, assim, fará com que ele passe a se divertir aprendendo coisas novas.

Os benefícios de aprender a programar desde cedo são inúmeros. Ainda não acredita? Entenda como nossos alunos conseguiram desempenhar melhor na escola com a ajuda de programação!


Posts Relacionados

Deixe uma resposta