Férias escolares: 3 jeitos de seu filho não perder o conhecimento aprendido

ferias escolares
Padrão

Durante as férias escolares, o que os jovens mais querem é manter a escola longe do pensamento, não é mesmo? Isso pode, no entanto, significar uma grande perda dos conteúdos aprendidos durante o semestre escolar. Afinal, não pensar naquilo que foi estudado por meses pode levar a um esquecimento dos conceitos. Mas então, como impedir que isso aconteça? Separamos três jeitos de evitar a perda do conhecimento aprendido por seu filho!

Estabelecendo uma rotina

 

ferias escolares

 

Uma das coisas mais comuns nas férias escolares é a alteração na rotina dos alunos. Muitos passam a dormir mais tarde, acordar mais tarde, a fazer as refeições em horários alterados e, principalmente, deixam de realizar as atividades usuais de maneira regular. Isso dificulta, claramente, a adaptação à rotina de aulas presente durante o período escolar, tornando a volta às aulas mais traumática do que precisa ser.

Por isso, é importante que durante as férias os alunos tenham algum tipo de atividade fixa e rotineira. Não é necessário controlar seus horários de dormir, acordar e comer – por mais que faça bem o aluno não alterar tanto seus horários. Basta que ele realize alguma atividade diariamente, e essa atividade pode ser qualquer coisa que exercite seu cérebro e seja, ao mesmo tempo, divertida para o aluno, como por exemplo: ler alguns capítulos de um livro por dia, resolver alguns exercícios de matemática ou até mesmo aprender a criar jogos e animações.

 

Aprendendo algo novo durante as férias

 

ferias escolaresPara que o conhecimento adquirido durante o ano escolar não seja perdido durante as férias, é necessário manter o cérebro das crianças e jovens sempre em atividade. Pode ser que a criança o aluno não queira fazer novamente atividades realizadas no colégio ao longo do ano, mas isso não impede que ele queira participar de atividades educacionais relacionadas.

Desafios de programação são, muitas vezes, relacionados a conceitos de física e matemática, além de desenvolver o raciocínio lógico e as habilidades de inglês dos jovens. Por conta disso, quando o aluno aprende a programar, são desenvolvidos os conceitos já vistos na escola sem nem se perceber.

Mas não se assuste! Isso não significa que seu filho deva tornar-se um programador profissional durante as férias escolares: há diversos desafios educacionais que utilizam programação em plataformas online, o que estimulará seu filho a pensar e resolver problemas enquanto aprende algo novo. Assim, ele estará mais apto a passar pelo processo de volta às aulas com um período de adaptação mais curto, ou seja, voltará às aulas pronto para aprender mais e com os conceitos aprendidos anteriormente na ponta da língua!

Fazendo atividades divertidas relacionadas ao conhecimento adquirido

 ferias escolares

Muitas vezes, os alunos sentem-se menos atraídos por disciplinas exatas, como matemática e física. Por conta disso, eles são menos propensos a realizar atividades relacionadas a este tipo de conteúdo durante seu período de férias escolares. É importante perceber que o aluno pode explorar esses conceitos fazendo diversas atividades que possam ser mais interessantes!

Você pode levar seu filho para dar uma volta em algum parque e introduzir conceitos de ciência enquanto se divertem: pergunte a ele o porquê de os insetos terem cores e tamanhos diferentes, por exemplo. Você pode também fazer um bolo junto com seu filho e, enquanto preparam os ingredientes, pode dobrar a receita e perguntar a ele quanto de cada ingrediente deverá ser usado nesse caso, ou até mesmo questionar como o bolo cresce dentro do forno.

 

O que acha de tentar deixar as férias escolares de seu filho mais educativas e divertidas?

 

 


Posts Relacionados

Deixe uma resposta