Os 5 principais torneios de robótica do Brasil

Robótica

Você tem interesse em aprender robótica, mas não sabe por onde começar ou o que fazer com o que você quer aprender? Está fazendo um curso de robótica e gostaria de pôr esse conhecimento em prática junto com seus colegas? Pois saiba que o Brasil é o país perfeito para isso.

Embora não pareça, o Brasil investe bastante na área da robótica. Existem várias escolas que ensinam ela na prática para diversas idades, ensinando aos alunos conceitos básicos de programação, mecânica, elétrica, eletrônica e computação. Várias universidades e instituições de pesquisa também tem vários desenvolvimentos na área e contribuem com vários congressos, como o SBR/LARS.

Uma ótima forma de transformar todo esse conhecimento em prática são os torneios. Equipes infanto-juvenis e universitárias podem participar de diversos tipos de torneios com diferentes características e objetivos, como competições de corrida de obstáculos, futebol de robôs e batalhas de robôs.

Para você poder conhecer melhor esses torneios, vamos falar um pouco sobre os 5 principais torneios de robótica do país.

Olimpíada Brasileira de Robótica

Olimpíada Brasileira de Robótica
A OBR é uma das competições mais famosas da área.

Se você quer colocar todos os seus conhecimentos em prática, participar da OBR é uma ótima forma de conseguir fazer isso. Sendo uma das maiores competições da área no país, ela acontece todo ano e consiste em etapas regionais, estaduais e nacional, onde os ganhadores das etapas anteriores seguem para as seguintes.

A olimpíada permite a participação de alunos do 2º ano do Ensino Fundamental até estudantes do Ensino Médio e Técnico, divididos em três níveis. Há duas modalidades: teórica, onde os participantes mostram seu conhecimento teórico da área, e prática, onde esse conhecimento é aplicado em robôs montados e programados por eles, feitos para percorrer um campo de obstáculos e resgatar “vítimas” ao fim do percurso de forma totalmente autônoma.

Torneio Juvenil de Robótica

Torneio Juvenil de Robótica
O TJR traz mais variedade ao campo competitivo.

O TJR nasceu como um complemento à OBR, buscando também difundir o ensino e aprendizado da área no país, e oferecendo uma competição com estilo bem semelhante. Porém, com o passar dos anos, o torneio foi desenvolvendo um estilo próprio, e acabou por definir suas próprias filosofias para a competição, embora ainda mantivesse o desejo de tornar a área mais conhecida no país.

Ao contrário da OBR, a TJR consiste em 16 modalidades, em que cada uma é um desafio diferente, que precisa de diferentes abordagens. Onze dessas modalidades consistem em desafios já comuns no meio competitivo, como cabo de guerra, sumô, resgate e danças. Os outro cinco, conhecidos como “desafios demo”, são mais desafiadores, necessitando o uso de tecnologias disruptivas, como uso de drones.

RoboCup Brasil

RoboCup
A RoboCup é uma competição internacional com “filiais” em diversos países.

A RoboCup Brasil é a representante nacional da RoboCup Federation, uma federação de organizações que buscam fomentar a pesquisa e o interesse na área e que realiza diversas competições sob a marca RoboCup.

O objetivo principal dela é conseguir atingir um nível de desenvolvimento tão avançado que permita que robôs consigam competir contra humanos em um jogo de futebol seguindo as regras da FIFA. É algo que está bem longe de nós atualmente, mas que estamos chegando mais perto a cada dia. Por causa disso, a principal modalidade da RoboCup é a de futebol, envolvendo times de robôs de diversos tipos: pequenos, médios e humanoides, mas também apresenta outras modalidades.

Torneio Brasil de Robótica

Torneio Brasileiro de Robótica
Um dos torneios mais abrangentes em questão de faixa etária.

O TBR apresenta 8 modalidades, divididas por ocupação e faixa etária, permitindo que compitam desde bebês (3 a 5 anos) até jovens adultos (universitários ou não). Buscando difundir a área e permitir que os jovens aprendam mais e cresçam com isso, cada modalidade foi idealizada de forma a acompanhar o desenvolvimento dos participantes e introduzir a área de uma forma mais lenta e completa.

Na TBR, a chamada “modalidade regular” consiste em trabalhos mais teóricos ou lúdicos, buscando incentivar o conhecimento e uso do método científico e familiarizá-los com os conceitos, e é a modalidade aplicada a todas as faixas etárias, mas de formas diferentes. A modalidade Master, para maiores de 19 anos, é a única modalidade prática, e envolve uma corrida com obstáculos.

IRONCup

IRONCup
A IRONCup é uma competição feita pela empresa Inatel, que também mantém a loja Robocore.

A IRONCup (Inatel Robotics National Cup) é outra competição que apresenta várias modalidades, embora algumas sejam um tanto diferentes, como trekking e hockey. Porém, o maior foco da IRONCup, e o que torna ela mais conhecida, são suas modalidades combate e sumô.

A modalidade combate é para os fãs de filme de ação e ficção científica, e consiste exatamente no que o nome indica: luta entre robôs. Dois robôs são colocados no ringue e batalham até que um é “nocauteado”, isto é, não consiga mais se mover. O sumô é similar, mas um pouco menos violento: o objetivo é fazer o robô adversário sair do círculo onde eles começam, como no sumô comum. Essas duas modalidades inclusive se subdividem com base no peso do robô.

Se interessou? Então está na hora de começar a aprender a criar seus próprios robôs! Que tal algumas dicas para isso?

Posts Relacionados

Deixe uma resposta