Planilhas Google: por que estão crescendo cada vez mais?

Logotipo Google Apps for Work

Disponíveis ao público desde 2006, as Planilhas Google, assim como seus irmãos, Documentos Google e Apresentações Google, fazem parte do pacote básico de aplicativos de escritório, entrando no mercado como um concorrente de peso ao Microsoft Office, pacote mais robusto e estabelecido que existe desde o fim da década de 80, e o mais recente e também gratuito pacote LibreOffice, comum nas distribuições Linux.

Desde seu lançamento, as planilhas Google tiveram uma lenta mas sempre crescente adoção. Inicialmente pelos entusiastas da tecnologia, atraídos pela sua plataforma web e cooperação em tempo real, porém, com o tempo, esse crescimento começou a acontecer em alta velocidade e a suíte da Microsoft corre o risco de ficar para trás.

Quer entender o porquê? Vamos explicar neste artigo!

Planilhas Google: gratuitas e onipresentes

As planilhas Google têm um diferencial que aproveita do ponto forte da Google: ela é baseada na internet. Não é preciso baixar e instalar um pacote com 1 ou 2 GB de tamanho, pois está tudo disponível para ser visualizado e utilizado na internet.

Além disso, não demorou muito para elas invadirem os celulares também. Após o projeto se situar, a Google desenvolveu aplicativos que permitem visualizar e editar suas planilhas, documentos e apresentações diretamente pelo celular, com exatamente a mesma quantidade de recursos que a versão web para computador.

Embora não seja possível editar os arquivos pelo navegador do celular, eles podem ser visualizados sem problema algum.

Cooperação em tempo real

Uma das maiores inovações trazidas pela Google com sua suíte, foi a habilidade de múltiplas pessoas poderem editar um mesmo arquivo ao mesmo tempo. Foram-se os dias em que você precisava editar uma planilha, enviá-la ao seu time por e-mail e esperar receber o arquivo novamente. Agora uma planilha pode ser editada, populada e formatada por diversas pessoas ao mesmo tempo, onde quer que elas estejam.

Além de facilitar a cooperação, elas também facilitam a divulgação e a obtenção de feedback. Ao habilitar a compartilhação, a Google te dá três formas de compartilhamento possíveis: compartilhar para edição, para comentários e para visualização, podendo enviar a planilha para outras pessoas por e-mail ou por um link. Isto é: você pode disponibilizar suas planilhas e os gráficos nelas para outras pessoas verem e comentarem sem correr o risco de perder dados.

Armazenamento na nuvem

Essa vantagem de estar baseada na internet vem com mais outra vantagem muito boa: todos os dados ficam armazenados diretamente na nuvem. Sempre que você cria uma planilha e a nomeia, a Google a salva no seu Google Drive como um arquivo. Isso significa que você pode mexer nele como um arquivo normal também, colocando-o na pasta que quiser e transferindo-o a outras pessoas. O Drive também dá a opção de criar planilhas diretamente no Drive, na pasta de sua escolha, clicando com o botão direito em um espaço vazio de qualquer pasta.

Usando o aplicativo para o Chrome e para celular, também é possível editar suas planilhas sem internet. Assim que a internet voltar, suas modificações são enviadas para seu Drive normalmente.

Com backups automáticos

Todos os arquivos são automaticamente salvos na nuvem a cada modificação. E, além disso, as planilhas Google e as outros ferramentas do pacote salvam cada conjunto de modificações com horário e o usuário que a modificou, e as armazena na forma de uma linha do tempo. Ao abrí-la, você pode ver todas as versões do arquivo ao longo de sua existência, quais mudanças foram feitas a cada versão e quem fez quais mudanças.

Então, se algo que você mudou causou algum problema, fica muito mais fácil de reverter as modificações. E se alguém editou algo e causou problemas, fica muito mais fácil encontrar o culpado.

Atualizações frequentes e novas funcionalidades

Como não é preciso baixar o pacote da Google, não é preciso ficar baixando atualizações toda semana, nem baixar ou comprar as novas versões para adquirir novas funcionalidades.

Várias novas funções e inovações muito úteis continuam a ser adicionadas às planilhas Google. Por exemplo, para substituir o VBA da Microsoft (que é muito usado no Excel para automação de planilhas), a Google adicionou a possibilidade de criar aplicativos (chamados de Complementos) para sua suíte, pelo Google Apps Script. Uma outra inovação foi a adição da ferramenta “Explorar”, que usa aprendizado de máquina para responder perguntas sobre a planilha, feitas em linguagem natural mesmo, sem a necessidade de saber programação.

G-Suite – Planilhas Google (e mais!) para toda a empresa

Mas com certeza o que mais incentiva esse aumento é a G-Suite. A G-Suite é uma pacote de produtividade completo feito pela Google e destinado a empresas. A G-Suite, por um preço mensal relativamente baixo, dá acesso às funcionalidades completas dos aplicativos da Google, incluindo as planilhas, além de suporte 24h, usar as funcionalidades do Gmail com seu próprio domínio, e até Drive ilimitado, dependendo do plano.

É sempre bom ter tecnologias para aumentar a produtividade, não é? Com certeza mais funcionalidades estão por vir, e as planilhas Google vão ficar ainda melhores!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: