Metodologia Freiriana – Educação para a autonomia e liberdade

metodo freire

O Brasil tem um representante importante entre os teóricos da educação. Paulo Freire (1921-1997) foi um educador e filósofo brasileiro, reconhecido mundialmente por aquilo que se denominou de metodologia freiriana. Para o educador, cada indivíduo é agente da própria libertação à medida em que adquire conhecimento. As escolas que seguem esta metodologia se propõe a educar respeitando as condições socioculturais dos alunos, instigando-lhes o senso crítico.

O que é a metodologia freiriana?

A educação na metodologia freiriana é muito alinhada com os problemas e necessidades atuais e com o desenvolvimento da consciência crítica. Trata-se de um método, desenvolvido na década de 1960, primeiramente como resposta às necessidades da alfabetização de adultos. Para o autor, a educação é um ato criador, já que através dela o indivíduo se torna autônomo, livre e capaz de tomar decisões com criticidade e discernimento. 

A metodologia freiriana, inclusive para o próprio educador, é um método de aprender e não de ensinar – e isso é algo muito inovador. Este método considera ainda o contexto do aprendiz e suas especificidades já que quem aprende é o aluno e o método deve atender o seu desenvolvimento. Autonomia, diálogo, relacionamento são a base de sua teoria.

O papel do professor

Para a metodologia freiriana, o professor é um mediador e o processo educativo ocorre na relação professor-aluno. O professor aponta os conhecimentos trazidos pelo aluno, bem como a sua história de vida, as suas experiências e contribuições, e organiza juntamente com o educando estes conhecimentos, unindo os saberes do aluno com os oferecidos pela escola.

O aluno, neste interim, se torna mais participativo, pois a sua história e o seu saber são reconhecidos e têm importância no processo de aprendizagem, e com isso, a sua autoestima é fortalecida. Ele terá mais prazer em aprender e se tornará mais autônomo na busca por respostas, não apenas no seu processo de ensino e aprendizagem, mas participação junto à sociedade.

Investigação temática e a realidade do aluno

A metodologia freiriana utiliza uma investigação temática para verificação do universo vocabular do aluno, a forma como viver, seus hábitos e costumes, para assim compreender a sua realidade.

Em seguida, propõe-se o tema gerador geral e demais tematizações a serem trabalhadas, orientadas conforme a realidade dos alunos a fim de permitir o diálogo sobre as situações. Através disso, são trabalhadas as dificuldades fonéticas, o processo de construção e significação de palavras, e a leitura e escrita. Estas atividades ocorrem paralelamente.

Vantagens da metodologia freiriana

Observe que o método é muito humanizador e gratificante, pois o aluno é sujeito da sua aprendizagem, há a valorização do seu contexto. Há, contudo, um conflito entre o conhecimento antigo e o adquirido, também um processo de aprendizagem. Esta abordagem é inovadora, reflexiva e transformadora, podendo ser aplicada em qualquer contexto.

O objetivo da metodologia freiriana é formar cidadãos livres, questionadores e transformadores da realidade. O professor é um mediador que sabe escutar e promover este processo, gerando confiança entre os alunos e valorizando o conhecimento que este traz para a sala de aula. Esta abordagem não utiliza testes e provas para avaliar os resultados, tal como ocorre em escolas tradicionais – veja nesta matéria algumas alternativas de avaliação eficiente.

Metodologia freiriana e tecnologia

Aprender sobre as novas tecnologias é uma demanda dos estudantes de hoje. É importante para o mercado de trabalho, mas também para a troca de saberes, a transformação crítica da realidade e o registro da história pessoas e dos conhecimentos que cada um tem a contribuir. Veja mais sobre a importância do ensino de tecnologia nesta matéria do Blog I Do Coide!

As tecnologias são instrumentos e meios essenciais atualmente. Se faz parte do contexto da pessoa, deve ser utilizada para a sua autonomia, aprendizagem e intervenção. É possível aprender diversos temas utilizando e aprendendo sobre os meios tecnológicos paralelamente. 

Um artigo que debate o uso de tecnologia e o método de Paulo Freire você pode ler na íntegra neste link. Robótica, gamificação, fóruns, ambientes virtuais e aplicativos são alguns recursos já muito utilizados em experiências com a metodologia freiriana. Este método também pode ser muito relevante no aprendizado do empreendedorismo, uma vez que a autonomia é o seu foco central – veja mais sobre empreendedorismo e os profissionais do futuro neste artigo.

Gostou das dicas sobre metodologia freiriana? Deixe um comentário com as suas dúvidas e sugestões! Siga a I Do Code no Instagram! Visite o nosso site!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta