Programar é importante para o mercado de trabalho?

imagem de currículos: programar é uma ótima habilidade

Apesar de muitos não terem, de fato, um contato próximo com a programação, já viu exigências do tipo: nível de Excel, teste de lógica, nível de informática. Já parou para pensar por que programar é importante para o mercado de trabalho? O que o mercado projeta para o ramo de programação?

As ansiedades advindas de conquistar um emprego afeta muitas pessoas, principalmente os mais jovens. Uma pesquisa publicada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), mostra que o mercado de trabalho vem sendo cada vez mais exigente quanto as oportunidades dadas a jovens. Por isso, vantagens na hora de elaborar o currículo, podem representar um diferencial na hora de concorrer a essas vagas cada vez mais escassas.

Fora do ramo de programação há a necessidade de aprender a programar?

Não, mas as habilidades adquiridas podem ser um diferencial estratégico para a empresa pensar na hora da contratação, por isso, certa vez o filósofo Heráclito mencionou: “O pensamento é uma qualidade da própria alma, que a si mesma multiplica”. O fato é que expandimos as possibilidades de maneira racional ao aumentar nossas habilidades. As pesquisas indicam que nem mesmo pessoas com Ensino Superior tem a garantia de que terão vagas no mercado de trabalho com mais facilidade.

Pessoas buscam vagas, e um pequeno detalhe pode fazer a diferença.
Todos os detalhes podem fazer a diferença na hora de se apresentar para uma vaga.

No entanto, conforme mencionado anteriormente, uma empresa analisará todas as possibilidades na hora de contratar uma pessoa para compor os quadros de vagas das empresas, e hoje em dia, mais do que simplesmente formação as empresas exigem que os funcionários saibam o que estão fazendo, mais do que apenas um belo cartão-de-visitas com os títulos acadêmicos que o candidato possua, mas suas qualidades imediatas.

Por que aprender a programar será útil na hora de conseguir um emprego?

Uma pessoa que aprende a programar entende a lógica que há por trás de cada tarefa, além disso:

  • Possui maior facilidade para se adaptar a novas tecnologias;
  • Possui um diferencial competitivo com relação aos concorrentes;
  • É mais fácil de entender as fórmulas utilizadas em sistemas que se utilizam de máquinas robotizadas, equipamentos eletrônicos e programas essenciais para a maior parte dos empregos, como o Excel;
  • Possui um maior facilidade em testes e situações problemas que envolvam lógica e operações matemáticas;
Diplomas e certificados, normalmente são um bom cartão de visitas, mas nada supera o conhecimento prático. Programar é uma ótima habilidade.
O diploma e os certificados na área específicas são um cartão-de-visitas para a empresa, mas nada supera o conhecimento prático e as habilidades para solucionar problemas.

Muitas empresas estão buscando inovar e já fazem uso de algum programa de computador que custa muito caro para fazer sua manutenção e treinamento.

Por isso, uma pessoa que aprende a programar possui vantagem não somente na hora de apresentar o currículo, mas também no desenvolvimento de suas tarefas.

Nesse artigo, vimos muitos motivos que mostram que programar é uma vantagem competitiva para os mais diversos tipos de empregos, sem mencionar de fato, a carreira de programação, que se torna uma válvula de escape para horas de desemprego, pois muitos programadores são autônomos, não dependem necessariamente de um vínculo empregatício com alguma empresa.

Mas, vale ressaltar que o aprendizado não orientado de programação pode levar a frustrações desnecessárias, além de poder acabar dedicando tempo em algo que se torne obsoleto. Afinal essa área se atualiza muito em comparação a outras áreas. Para uma orientação dedicada sobre os estudos de programação entre em contato conosco e tenha uma consultoria sobre as melhores práticas de ensino-aprendizagem na área.

Como é a área de programação?

Programar exige estudo, mas provê facilidades quanto a portabilidade do trabalho, podendo inclusive exercer funções home office.
A área da programação exige estudo, mas provê facilidades quanto a portabilidade do trabalho, podendo inclusive exercer funções home office, levando o trabalho na mudança caso um dia for necessário.

Falamos sobre o tema de maneira genérica, mostrando alguns benefícios inerentes ao aprendizado da programação, sem de fato estar na área de programação. Mas o que os estudos e pesquisas de mercado mostram sobre a área, especificamente falando da programação de softwares?

Sabemos que é muito importante investir no conhecimento, principalmente de crianças e jovens, e encontrar uma área que permita maior liberdade para desenvolver e que não sofra tanto com as instabilidades causadas por problemas globais, como a pandemia do Novo Coronavírus (SARS-CoV-2) que vivemos durante o ano de 2020.

Nesse sentido a previsão para o ramo de Tecnologia da informação é animador tendo em vista um crescimento de 5,5%, ao contrário de outros ramos, não sofreu perdas em recursos humanos e oportunidades de negócio, apesar da desaceleração econômica mundial que levou muitas empresas, de diversos setores demitindo funcionários e fechando suas portas.

Além desses fatores que tornam a área de programação um mercado amplo, principalmente para jovens que tenham uma tendência para a tecnologia, possui diversas aplicabilidades em ramos diferentes, com ótimas ofertas de salário:

  • Assistente de Tecnologia da Informação, média salarial de R$ 1.562,74 (para quem está começando);
  • Trainee na área de Tecnologia da Informação, média salarial de R$ 2.204,14;
  • Programador, média salarial de R$ 2.641,53;
  • Analista programador, média salarial de R$ 3.896;
  • Coordenador de Tecnologia da Informação, média salarial de R$ 5.811,74;
  • Gerente de Tecnologia da Informação, média salarial de R$ 9.145,13;
  • Diretor de Tecnologia da Informação, média salarial de R$ 16.666,67. (Fonte: Catho)

Há outras oportunidades para quem quiser adentrar na área, mas nesse mercado é muito importante, além das formações de ensino superior ou técnico, o conhecimento da lógica e da linguagem da programação.

Espero que você tenha gostado da leitura, quer conhecer mais da I Do Code? Veja nossos cursos clicando aqui.

banner minicurso python: programação no pc

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: