Desenvolvimento cognitivo: como auxiliar seu filho(a) a melhorar

desenvolvimento cognitivo

Geralmente, quanto uma criança está em fase de desenvolvimento cognitivo, ela tende a querer conhecer a razão de tudo, já que a curiosidade a move mais do que qualquer coisa. Além disso, há todo um mundo a ser descoberto por nosso filho(a), que precisa ser explorado do jeito certo!

Nessa fase, os pais podem auxiliar e intervir na educação de seus filhos, melhorando e auxiliando no desenvolvimento cognitivo, a partir de ações básicas, mas que são consideradas chave para o pleno desenvolvimento da criança.

Nesse sentido, confira no artigo de hoje algumas dicas de como os pais podem auxiliar seus filhos para um desenvolvimento cognitivo eficaz. Boa leitura!

Compreendendo o desenvolvimento cognitivo

O desenvolvimento cognitivo nada mais é do que todos aqueles processos, através dos quais o ser humano adquire habilidades que lhe permitem interpretar a realidade e interagir com ela de modo eficiente.

Portanto, se entende o desenvolvimento cognitivo, como a evolução das capacidades intelectuais, das quais a inteligência é uma das mais importantes.

Vários autores desenvolveram teorias sobre o desenvolvimento cognitivo. No entanto, Jean Piaget, um renomado pesquisador suíço da área do comportamento humano, foi quem trouxe grandes contribuições para essa área.

Para este estudioso, a percepção, a atenção, a memória, o pensamento e a linguagem, constituem alguns dos processos cognitivos que desempenham um papel fundamental na vida cotidiana.

Isso quer dizer que, o ser humano está a todo momento percebendo, atendendo, pensando e utilizando a memória e a linguagem para conhecer e entender o mundo.

Desse modo, a cognição é um processo gradual de transformação que se dá desde que nascemos até a fase adulta.

Na etapa da infância, por exemplo, permite ir desenvolvendo habilidades através da aquisição de experiências e pela aprendizagem, essenciais para a sua adaptação ao entorno.

Sendo assim, confira a seguir algumas dicas para melhorarmos o desenvolvimento cognitivo do seu filho(a).

banner kit desenvolvimento cognitivo

Faça com que estejam sempre felizes

A felicidade é uma grande vantagem em um mundo que enfatiza tanto o desempenho acima de tudo.

Isso quer dizer que, mais importante do que fazer seu filho desenvolver uma série de atividades para desenvolvimento cognitivo, é preciso que ele esteja feliz ao exercê-las.

Geralmente, as pessoas felizes com o que fazem são as mais exitosas. E qual é o primeiro passo para isso?

Ouvir diretamente da criança, quais são as suas afinidades e principais curiosidades, explorando-as ao máximo, para que seu filho(a) aprenda os ensinamentos que se deseja transmitir, sempre com atenção e alegria.

Faça com que eles pratiquem algum tipo de atividade física

Um bom estado físico aumenta a habilidade de aprendizagem de nossos filhos.

Como dado curioso, um estudo desenvolvido nos Estados Unidos descobriu que as crianças tem um melhor desempenho acadêmico, se participam de algum tipo de atividade física durante sua jornada escolar.

Desenvolvimento cognitivo a partir da leitura de pais pra filhos

Quando os pais leem para seus filhos de forma compartilhada, automaticamente estão melhorando o desempenho cognitivo da criança, uma vez que enriquecemos sua atenção.

Além disso, estaremos fomentando o desenvolvimento das habilidades e estratégias leitoras dos nossos filhos, o que se torna uma forma eficaz de promover as habilidades de leitura e escrita, quando estes ainda são pequenos.

Envolva a criança no universo dos jogos e programações

Adotando esse tipo de estratégia para desenvolvimento cognitivo, os pais estarão fomentando o desenvolvimento de habilidades de raciocínio e a imaginação de seus filhos.

Quando associamos os jogos de teor educativo junto às novas tecnologias, os resultados obtidos podem ser ainda mais surpreendentes, pois como as crianças já nascem imersas na tecnologia, tudo que dialogar com o digital lhes será de grande interesse.

Na I Do Code, por exemplo, você proporcionará que seu filho aprenda de modo fácil e intuitivo, desenvolvendo a parte cognitiva a partir de atividades que lhes ensinarão a programar robôs, criar jogos, aplicativos, websites, design, arte digital e muito mais!

Fomente a inteligência emocional

Falar com as crianças menores acaba estimulando a aquisição da linguagem e a aprendizagem de um vocabulário novo.

Por outro lado, quando nossos filhos estão um pouco maiores, falar com eles e lhes perguntar “Como está?”, “Como está se sentindo?”, etc…, lhes ajuda a ser mais comunicativos, a expressar o que sentem, e obviamente,  estará colaborando com o desenvolvimento cognitivo do mesmo.

Desenvolvimento cognitivo a partir da música

A música é um estímulo que aumenta a capacidade perceptiva de reconhecer e discriminar estímulos auditivos.

Além disso, nos ajuda no desenvolvimento cognitivo, uma vez que também permite potencializar o uso da linguagem e favorece a atenção e a concentração, melhorando assim, a capacidade de aprendizagem da criança.

Para explorar as músicas em casa com seu filho, recomenda-se que escolha aquelas canções que sejam apropriadas a idade da criança.

Para as crianças pequenas, por exemplo, os pais podem selecionar letras de canções que sejam simples e repetitivas, pois assim serão de fácil compreensão e memorização.

Parece uma dica básica demais, no entanto, saiba que as canções são altamente benéficas para o desenvolvimento das crianças. Desse modo, deixe-os explorar o universo das canções.

Instigue ainda mais a curiosidade

Na introdução desse artigo comentávamos sobre o quanto as crianças em fase de desenvolvimento cognitivo são questionadores por natureza.

Aqui a dica envolve explorar ainda mais esse caráter questionador à favor do desenvolvimento dos seus filhos.

Busque fazer com que as crianças experimentem o entorno, pois isso favorece para que possam compreender os fenômenos que os rodeiam.

Com isso, também estamos desenvolvendo o pensamento científico. Para poder explorar essa parte, os pais podem fazer muitos experimentos simples utilizando materiais caseiros.

Por exemplo: experimentos com o uso dos sentidos, tais como o paladar, para que a criança conheça os diferentes tipos de sabores: doce, salgado, ácido, picante, etc.

Você gostará de ler também: Quais os componentes cognitivos que envolvem a aprendizagem.

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: